Logotipo

Chegada do verão gera expectativa positiva entre os barqueiros em Paranaguá

18 de novembro de 2018

Passeio de barco é um dos atrativos turísticos de Paranaguá e está disponível nos trapiches do rio Itiberê no Centro Histórico

Compartilhe

Último fim de semana da Festa do Rocio deve gerar alta de turistas visitando a Baía de Paranaguá 

Paranaguá é uma cidade rodeada de águas de sua baía e do rio Itiberê, algo que, além de uma constatação geográfica, é mais um dos vários atrativos turísticos da cidade mãe do Paraná. A chegada da temporada de verão 2018/2019 e as temperaturas mais altas geram uma alta de turistas que pagam passagens para realizar passeios em barcos especializados que ficam nos trapiches do rio Itiberê.

Sebastião do Rosário Serafim, presidente da Associação dos Proprietários de Barcos de Turismo e Transporte do Estado do Paraná (Barcopar), afirma que se estendendo pelo último fim de semana de Festa do Rocio, traz um movimento maior de turistas nos barcos de passeio. “ A Festa do Rocio, com a vinda dos romeiros, é algo positivo, pois levamos nossas embarcações no trapiche do Santuário e mostramos a baía de Paranaguá para eles”, acrescenta, ressaltando que os passeios duram cerca de 40 minutos. 

A Barcopar possui 23 barcos que fazem o transporte constante de turistas em visitas à baía de Paranaguá. “Quando chega a temporada após o Natal o movimento é direto, todos os dias tem passeio, independente de fim de semana. Não aumentamos o preço do passeio há quatro anos, sendo que a passagem está R$ 25,00. Se aumenta o preço cai muito a demanda”, complementa.

Presidente da Barcopar, Sebastião Serafim, afirma que expectativa é positiva com chegada do verão e vinda de turistas

PASSEIOS DE BARCO A REMO

Uma opção de ficar ainda mais próximo ao ecossistema local e do mangue do rio Itiberê é o passeio de barco a remo. Valdecir Amelio, que trabalha há mais de 30 anos no transporte de turistas, ressaltou que o verão é algo aguardado pelos barqueiros para que o movimento aumente. “O calor beneficia, mas quem manda é o tempo”, explica. “Fazemos o passeio desde a passarela da Ilha dos Valadares, passando pelo mangue e indo pelo rio Itiberê. Cobramos R$ 5,00 por passageiro e podemos personalizar a viagem de acordo com o itinerário que cada um quer fazer”, afirma Valdecir Amelio. “Convidamos moradores e turistas a fazer este passeio bonito conosco”, finaliza. 

EMBARCAÇÕES PARA A ILHA DO MEL

Abaline, responsável pelo transporte marítimo de passageiros para a Ilha do Mel, está otimista com vinda de turistas de todo o País durante a temporada

A Associação de Barqueiros do Litoral Norte do Paraná (Abaline) é responsável pelas embarcações que conduzem turistas e moradores para a Ilha do Mel e outras ilhas do litoral paranaense. Segundo o presidente da associação, Daniel Anzoategui de Lima, a chegada do verão aquece o turismo local e gera aumento no número de passageiros nos barcos. “Nossa expectativa é que a temporada seja de dias ensolarados para atrair o maior número de visitantes tanto moradores, veranistas e turistas de outras regiões do Brasil e do mundo para o nosso litoral em especial a nossa menina dos olhos, que é a Ilha do Mel”, afirma Lima. “Aproveitamos para lembrar a todos os moradores em Paranaguá e Pontal do Paraná que ao apresentar seu comprovante de residência a Abaline estará oferecendo descontos especiais”, finaliza.
 

Colunistas