Logotipo

Ônibus com 35 pessoas fica sem freio e é salvo pela área de escape na BR-376 em Guaratuba

22 de novembro de 2019

Segundo a concessionária, ônibus teria saído de Assis - SP e seguia ao litoral do Paraná (Foto: Arteris)

Compartilhe

Veículo descia a Serra do Mar e conseguiu parar no KM-667,3. Nenhum passageiro ficou ferido

Na madrugada da sexta-feira, 22, um ônibus com um total de 33 passageiros e dois funcionários foi salvo pela área de escape da BR-376, no KM-667,3, na região de Guaratuba. O veículo ficou sem freio na Serra do Mar e precisou utilizar a área para que não se envolvesse em um acidente. De acordo com a concessionária Arteris, responsável pela administração da via, o ônibus teria saído de Assis - SP e seguia para Guaratuba. Nenhum passageiro ficou ferido.

“Um ônibus com 35 passageiros adentrou na nova Área de Escape da BR 376, no km 667,3 por volta das 4h50 desta madrugada, 22/11. O veículo de turismo que vinha de Assis, no estado de São Paulo, tinha como destino Guaratuba, no Paraná.  Segundo relatos do motorista, o veículo ficou sem freios e, ao ver a sinalização, resolveu adentrar no dispositivo. No ônibus tinham 33 passageiros e dois funcionários da empresa de transporte, todos saíram ilesos”, explica a assessoria da Arteris.

De acordo com a concessionária, a nova Área de Escape, no km 667,3 foi inaugurada no dia 14 de novembro e já foi utilizada por dois veículos- além desse ônibus, um caminhão carregado de 16 toneladas de massa asfáltica. “A BR 376 possui ainda outra Área de Escape no km 671,7 que, desde 2011, já foi utilizada por mais de 230 veículos”, informa a Arteris.

SOBRE A NOVA ÁREA DE ESCAPE

Área de escape foi inaugurada no último dia 14 e já mostra ser essencial para a segurança no trânsito (Foto: Arteris)

Inaugurada no último dia 14, a nova área de escape contou com um investimento de R$ 20 milhões da concessionária. "Ela é mais um recurso para segurança na descida da Serra da BR-376. Projetada no lado esquerdo da rodovia, estrutura é equipada com duas pontes rolantes automatizadas – com capacidade total para movimentar até 70 toneladas, otimizando a operação de remoção de veículos após utilização", informa a assessoria da Arteris.

"As áreas de escape são construídas nas margens das rodovias – principalmente em trechos de descida da Serra – com objetivo de auxiliar a frenagem de veículos desgovernados. A estrutura é planejada com faixa de acesso direcionada para uma caixa com profundidade de até 1,1 m – preenchida com cinasita (argila expandida, similar à utilizada em vasos de plantas). A lógica é semelhante a aplicada em pistas de automobilismo (caixa de brita) e faz com que o veículo reduza a velocidade a zero – minimizando ao máximo possíveis danos ao veículo e preservando a condição física dos condutores", explica a Arteris.

"A nova Área de Escape foi construída na margem esquerda da pista sul – justamente para facilitar o acesso de veículos com excesso de velocidade. A estrutura tem faixa de aproximação de 500 metros para entrada, com sinalização horizontal indicativa quadriculada, caixa de cinasita com 1,1 metros de profundidade e 150 metros de extensão, além de duas faixas laterais pavimentadas para operação e transbordo dos veículos", finaliza a concessionária.

 

Com informações da Arteris

 


Colunistas