Connect with us

Trânsito

Média de reprovação para 1ª habilitação é alta em Paranaguá

Nervosismo na hora do teste é o maior vilão

Publicado

em

Uma das grandes conquistas da vida adulta, para muita gente, é a obtenção da Carteira Nacional de Habilitação (CNH). A possibilidade de conduzir um automóvel de pequeno, médio ou grande porte, ou pilotar uma moto, sem dúvida, é, para muitos, uma ação de liberdade e independência. No entanto, a conquista da primeira habilitação não é tão simples como se imagina, se é que alguém imagina isso, uma vez que o teste prático, no Departamento de Trânsito (Detran), costuma ser um tormento para boa parte dos candidatos à habilitação.

Em Paranaguá, cerca de 40 pessoas, diariamente, fazem o teste prático, que é o momento em que o candidato precisa colocar o carro em uma baliza em um tempo máximo de até 3 minutos, ou em até três tentativas, e depois sair, pelas ruas da cidade, acompanhado do instrutor sem cometer erros que o impeçam de ser aprovado.

Na sexta-feira, 4, aproximadamente 41 candidatos (até às 14h30) haviam feito o teste prático, sendo que desse total 17 reprovaram, o que representou algo próximo de 40% dos candidatos, alguns deles tentavam pela terceira vez a aprovação no teste. Um dia antes, na quinta-feira, 3, dos 18 testes realizados, apenas oito candidatos conseguiram ser aprovados.

Para o examinador do Detran de Paranaguá, Wellinton de Oliveira, em cerca de 90% dos casos o candidato erra pelo nervosismo que passa a ter em virtude de saber que naquele instante estará sob uma avaliação. “Não é incomum perceber que a pessoa inicia a prova prática com a perna tremendo. Como forma de tranquilizá-la, menciono que ela, se preferir, pode estacionar, se acalmar, e depois seguir com a prova”, comenta.

Entre os erros mais comuns no exame destacam-se deixar o veículo “morrer”, o que acarreta dois pontos negativos no teste (o candidato não pode ultrapassar a três pontos) e errar ao fazer a baliza, que é considerada uma das faltas eliminatórias. “Nossa dica é: acalme-se e faça exatamente aquilo que treinou na autoescola”, diz o examinador.

 

NOVA CONQUISTA DO HAITIANO

Entre os candidatos que conseguiram passar no exame de direção do Detran, na sexta-feira, 4, estava o sorridente haitiano Lesly Cajuste. Ele, que tentava pela quinta vez ser aprovado, disse que se sentiu mais seguro desta vez. “Sem dúvida, a presença da minha esposa aqui me ajudou”. Para o recém-casado Lesly, com a carteira nas mãos o passo seguinte é economizar para comprar um carro. “Um passo de cada vez, mas me sinto feliz em poder ter avançado esta etapa, a qual é intimidatória e tensa”, ressalta.

 

 

Segundo o Detran de Paranaguá, pessoas de outras nacionalidades fazendo o teste prático na cidade não é comum. “Em cada 100 pessoas, cinco, no máximo, têm outra nacionalidade”, informou o examinador. No caso do haitiano, a determinação, mesmo tendo reprovado em quatro ocasiões, não foi motivo de desânimo. “A pessoa não pode desistir, tem que ser perseverante. Para quem consegue a CNH a lembrança é de contribuir com a direção defensiva para fazer do trânsito um lugar melhor”, observou.

Continuar lendo
Publicidade

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.