Logotipo

CNH Digital estará disponível a partir de fevereiro no Paraná

31 de janeiro de 2018

A carteira eletrônica pode ser acessada off-line, sem necessidade de conexão com a Internet

Compartilhe

A partir de fevereiro, os condutores paranaenses poderão acessar a versão eletrônica da Carteira Nacional de Habilitação (CNH-e) pelo celular. O documento tem a mesma validade e valor jurídico do modelo impresso, além de representar maior comodidade e segurança ao motorista.

“A CNH eletrônica armazena todas as informações do documento tradicional, mas é preciso ficar atento ao funcionamento do celular. Em uma fiscalização, se o aparelho estiver descarregado, será considerado que o motorista não está de porte da CNH”, explica o diretor-geral do Detran, Marcos Traad.

“O Paraná vai cumprir a resolução federal, mas tem preocupações quanto à funcionalidade e aplicabilidade do serviço. Por isso, nossa orientação é que o condutor continue usando também a CNH impressa”, completa ele.

A carteira eletrônica pode ser acessada off-line, sem necessidade de conexão com a Internet, mas não é possível acessar mais de uma CNH em um único dispositivo.
A adesão é opcional e pode ser feita através de um cadastro no Portal de Serviços do Denatran. Depois, a visualização é feita por um aplicativo gratuito, que pode ser baixado nos aparelhos com sistema Android e IOS.

QUEM PODE USAR 

O serviço só está disponível para motoristas que tenham a versão da CNH impressa com o QR Code na parte interna. O código escaneável em aparelhos eletrônicos é encontrado nas CNHs emitidas a partir de 2 de maio de 2017. Quem não tem esta versão impressa, pode emitir a segunda via do documento (R$ 82,36) ou esperar o prazo de renovação da habilitação.

QUANTO CUSTA 

O acesso à versão eletrônica é gratuito, bem como a adesão ao sistema do Denatran e o download do aplicativo CNH Digital, na AppStore e Google Play.


PASSO A PASSO PARA SOLICITAR A CNH-e:

  • Atualizar o cadastro no Detran, informando e-mail e telefone.
  • Acessar o Portal de Serviços do Denatran e realizar o cadastro.
  • Ainda no Portal de Serviços do Denatran, abrir o menu “CNH Digital” e clicar em “Ativação” para receber o e-mail com o código de autenticação.
  • Baixar o aplicativo “CNH Digital” no celular. O primeiro acesso será com o código de autenticação, depois será possível gerar uma nova senha com quatro dígitos.
  • Certificação digital: Quem tiver um certificado digital, como o e-CPF, não precisa comparecer a uma unidade de atendimento do Detran para a atualização de dados e pode fazer a solicitação diretamente no portal do Denatran, seguindo as etapas a partir do passo 2.

AEN







Colunistas