Connect with us

Trânsito

Caminhão-cegonha fica preso no viaduto do KM 5 da BR-277

Acesso de Curitiba em direção a Paranaguá ficou bloqueado das 12h30 até às 18h

Publicado

em

No início da tarde de quinta-feira, 8, por volta das 12h30, um caminhão-cegonha ficou preso no novo viaduto do km-5 da BR-277, que está sendo construído na entrada de Paranaguá. O motorista do caminhão não utilizou o desvio para caminhões acima de 4,60 metros, o que por consequência gerou o acidente. O veículo de grande porte foi retirado do local e seguiu para o pátio de uma empresa portuária cerca de uma hora após o acidente. Não houve feridos, sendo registrados danos estruturais na obra e em três carros novos que o caminhão levava em direção a Paranaguá.

Três carros que estavam sendo transportados pelo caminhão-cegonha ficaram danificados

Com isso, os acessos para a entrada da cidade de Paranaguá pela BR-277 na altura do km 5 ficaram bloqueados até às 18h de quinta-feira. As autoridades de trânsito orientaram que os motoristas acessassem a cidade pela Avenida Bento Munhoz da Rocha Neto, diante dos transtornos gerados no novo viaduto pelo acidente. 

Inúmeras placas indicam limite de altura aos motoristas na BR-277

Segundo alguns operários que trabalham na obra, mesmo com toda a sinalização indicativa em placas fixas e eletrônicas, três veículos foram danificados e ficaram prensados na estrutura. O caminhoneiro ainda teria parado embaixo da construção e tentado dar marcha à ré para não ficar preso, o que não foi possível. Diante dos fatos, funcionários da obra e da empresa responsável pelo caminhão-cegonha, inclusive partes estruturais do novo viaduto tiveram que ser retiradas e foram recolocadas durante a tarde, o que gerou a paralisação da BR-277 sentido Paranaguá.

DER alerta caminhoneiros e motoristas para que respeitem a sinalização na via

NOVO DESVIO FEITO PELO DER-PR 

Segundo o Departamento de Estradas de Rodagem (DER-PR), responsável pela obra, as ações no novo viaduto estão totalmente dentro das especificações legais, com indicação de trabalhos em andamento e da altura máxima de caminhões de 4,60m que podem passar embaixo da estrutura. O caminhoneiro não usou o desvio próprio para veículos de grande porte, em direção à Avenida Bento Rocha. 

Placa eletrônica indica limite de altura para passagem no viaduto

Em nota oficial, o DER pede atenção aos caminhões para o novo desvio na entrada do município, destacando ser o órgão responsável pela fiscalização da empresa contratada para construção da estrutura do viaduto. “A partir de quinta-feira, 8, a obra terá um novo desvio para caminhões que possuem altura superior a 4,60 metros de altura e para os caminhões que vão para o Pátio de Triagem ou Porto de Paranaguá”, destaca.

ESTRUTURA DO NOVO VIADUTO

De acordo com o ente estatal, o novo viaduto que está em construção terá aproximadamente 900 metros de extensão, 6 metros de altura e 7,6 de largura, e irá atender ao aumento do fluxo de veículos projetado com o crescimento da demanda do Porto de Paranaguá. “De acordo com o Plano de Desenvolvimento e Zoneamento do Porto Organizado (PDZPO) do Porto de Paranaguá, receberá 80 milhões de cargas anuais em 2030 – hoje, o porto movimenta 50 milhões de cargas ao ano. A construção do viaduto, na entrada da cidade, onde atualmente a BR-277 cruza com o início da Avenida Ayrton Senna da Silva e a Rua Paranaguá, vai desafogar o trânsito e tornará o trecho muito mais seguro”, completa o DER-PR.

Operários estiveram trabalhando na recuperação da estrutura do viaduto

CONCESSIONÁRIA

A concessionária responsável pela BR-277 ressaltou em nota oficial que a estrutura que está implantada no local do incidente é provisória e serve de apoio à obra do viaduto do km 4,8 sob responsabilidade pelo DER. “A implantação dessa estrutura temporária só aconteceu após a colocação de um desvio e de toda a sinalização. A empresa ressalta que todos os motoristas que passam por trechos em obras devem ficar atento às sinalizações e possíveis desvios”, informa a empresa, destacando ainda que o acesso ao Porto de Paranaguá não sofreu nenhum prejuízo.

Trânsito ficou lento na região durante toda a tarde

Continuar lendo
Publicidade

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.