Connect with us

Semeando Esperança

“Vocês não podem servir a Deus e ao dinheiro”

Uma pessoa, uma família ou uma empresa precisam planejar para poder viver e crescer ou, pior, apenas sobreviver.

Publicado

em

A vida humana é marcada pela concreta relação com os bens. Uma pessoa, uma família ou uma empresa precisam planejar para poder viver e crescer ou, pior, apenas sobreviver.

Após ter revelado o “coração” do Pai que se alegra ao encontrar quem estava perdido (Lucas 15, domingo passado), Jesus ensinou os seus discípulos a usarem os bens deste mundo: Lucas 16,1-13. Indicou-lhes um caminho para se tornarem misericordiosos como o Pai: administrar a própria vida para alcançar a vida eterna, não colocando o dinheiro no lugar de Deus: “Vocês não podem servir a Deus e ao dinheiro”.

Jesus partiu de uma realidade que existia na sua época: um administrador dos muitos bens de uma pessoa rica. Ele não tinha um salário fixo, mas vivia do uso dos bens do patrão, negociando-os normalmente a altos juros, explorando quem necessitava do básico para viver: óleo e trigo. Mas, o administrador da parábola contada por Jesus mostrou-se tão desonesto que o patrão decidiu demiti-lo. Essa tornou-se a ocasião para o administrador repensar a própria vida: é melhor deixar de explorar as pessoas. E agiu com esperteza: garantiu patrimônio do rico e, diminuindo seus lucros, mostrou-se “bondoso” para com os devedores.

“Eu lhes declaro, disse Jesus a seus seguidores: Usem o dinheiro injusto para fazer amigos e, assim, quando o dinheiro faltar, os amigos receberão vocês nas moradas eternas”. Isto é, quando diante da morte o dinheiro não tiver mais valor algum, a solidariedade para com os necessitados nos abrirá as portas do céu. E prosseguiu: “Nenhum empregado pode servir a dois senhores, porque, ou odiará um e amará o outro, ou se apegará a um e desprezará o outro”. A conclusão não poderia ser mais clara: “Vocês não podem servir a Deus e ao Dinheiro”.

A autenticidade de nossa vida cristã requer repostas sempre novas a perguntas antigas: Qual o lugar que Jesus ocupa na minha vida? Qual lugar ocupam em meu coração os bens materiais e o dinheiro? Que importância têm as pessoas, especialmente os pobres?

Um estilo de vida simples e sóbrio nos ajudará a ser solidários, a experimentar a alegria da partilha e, também, a não permitir que a ganância ou o desejo desenfreado pelo lucro manipulem nossas vidas e condicionem nossas escolhas.

“Vocês não podem servir a Deus e ao dinheiro”. Estas palavras de Jesus não podem ser esquecidas por aqueles de nós que se sentem seus seguidores, pois contêm a advertência mais grave que Jesus deixou à humanidade. O dinheiro, convertido em ídolo absoluto, é o grande inimigo para tornar o nosso mundo mais justo e fraterno, tal como Deus quer para todo os seus filhos e filhas.

“Ame o Senhor seu Deus com todo o seu coração… e ame ao próximo como a si mesmo. Não existe outro mandamento mais importante do que esses dois” (Mc 12,29-31).

Continuar lendo
Publicidade

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.