conecte-se conosco

Semeando Esperança

Felizes os que creem!

Alegria! Em nossos dias, marcados por grandes inseguranças, a alegria não nos pode ser roubada e nem mesmo perder sua expressão no sorriso e na confiança de cada pessoa.

Publicado

em

Algumas passagens bíblicas são bem conhecidas, como, por exemplo, a que se lê neste segundo Domingo da Páscoa: o encontro de Jesus com os Onze Apóstolos, a fé de Tomé e a certeza de que a pessoa que crê é feliz (Jo 20, 19-31). Estando os apóstolos reunidos a portas fechadas por medo daqueles que perseguiram e mataram Jesus, o próprio Jesus se manifestou glorioso no meio deles e lhes deu a paz e o dom do Espírito Santo.

Eles se encheram de alegria! Mas Tomé não estava com eles e, além disso, não acreditou no testemunho dos seus irmãos. No domingo seguinte, estavam novamente reunidos e, desta vez, Tomé estava entre eles. Jesus se manifestou e Tomé fez sua profissão de fé: “Meu Senhor e meu Deus”. E Jesus, então, concluiu: “Felizes os que não viram e acreditaram!”

Alegria! Em nossos dias, marcados por grandes inseguranças, a alegria não nos pode ser roubada e nem mesmo perder sua expressão no sorriso e na confiança de cada pessoa. Os discípulos ficaram alegres por verem o Senhor ressuscitado. Aquele que eles tinham visto ser condenado e torturado, morto na cruz e sepultado, agora vive! Ele está no meio de nós! Traz as marcas dos pregos em suas mãos e o lado ferido pela lança. Contudo esses sinais de sua paixão são agora sinais de glória, de vitória sobre a morte. “Por suas santas chagas, suas chagas gloriosas, o Cristo Senhor nos proteja e nos guarde. Amém.” (Noite da Páscoa – 1Pd 2,24). Refeitos de sua decepção e tristeza, os discípulos se alegraram. A isso também somos chamados: encarar nossas dores e recuperar a alegria.

Abertura. O medo aprisionava os discípulos; eles se reuniam para celebrar a portas fechadas. Também hoje não nos faltam motivos para nos fecharmos cada vez mais: as mortes em Suzano, os atentados no Sri Lanka, a violência registrada também em nossa cidade. Abrir-se e se unir a grupos que pensam a situação da cidade e buscar juntos propostas de políticas públicas: eis um caminho que nós, cidadãos, podemos percorrer. Pode-se muito bem usar o WhatsApp para encontrar essas pessoas e grupos e, depois, estabelecer uma relação concreta, face a face. Cristo ressuscitado dentre os mortos nos ajuda a vencer nossos medos e a retomar coragem. Ele nos enche o coração com a sua paz: “a paz esteja com vocês”.

Confiança. Certamente a alegria e a abertura estão ligadas à confiança. Tomé não aceitou o testemunho de seus irmãos, por isso não se revelou homem de fé. Confiamos em Cristo. Confiemos também uns nos outros. Certamente a confiança compromete a todos, pois ela requer um jeito de viver – ações concretas – que ajude as pessoas a confiarem umas nas outras. Mais do que as palavras é o agir que suscita a confiança.

+ Edmar Peron

Bispo de Paranaguá

Continuar lendo
Publicidade

Em alta

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.