Logotipo

Cerca de 30 mil pessoas devem passar pelo cemitério central de Paranaguá

01 de novembro de 2018

Comerciante espera vender 500 vasos de flores no feriado

Compartilhe

A movimentação no cemitério Nossa Senhora do Carmo começou uma semana antes do Dia de Finados. Desde o domingo, 28, a procura por flores já era grande.

De acordo com o florista Gerson Cabral, o qual atua no ramo há 30 anos, a expectativa é que no feriado sejam vendidos 500 vasos de flores. “Nós não subimos os preços em relação ao ano passado. O vaso de crisântemo continua custando R$ 15,00. O botão de rosa está R$ 5 e os buquês de margaridas R$ 30,00. O mesmo também serve para os vasinhos de violetas que estão R$ 7,00”, contou.  

Nos últimos dias, a movimentação também estava grande em virtude das limpezas de túmulos, pelo fato do prazo estabelecido ter expirado na quinta-feira, 31 de outubro. Tania Gonçalves, por exemplo, contou que estava realizando até 20 limpezas por dia, um número quatro vezes maior que o normal. “Eu faço as limpezas o ano todo. Fora de época chego a fazer em média 5 limpezas por dia”, explicou.

Muitas familiares visitam os túmulos dos entes queridos antes do dia de Finados. O casal José Vaz e Almerinda Barcelos Vaz, residentes na Vila Paranaguá,  foi visitar as sepulturas dos familiares “Viemos hoje para ver como está e fizemos a limpeza e voltaremos no dia de Finados com flores e orações, pois essa é uma data que representa saudade e reflexão”, contou Almerinda.

A aposentada Marta Correia, por exemplo, prefere comprar flores nos supermercados. “Os preços são mais baixos e também temos mais opções de escolhas. Vir ao cemitério nessa época é como um reencontro com a nossa vida, pois aqui deixamos pessoas que um dia nos fizeram felizes. Por isso são importantes as flores e as velas nessa data”, destacou.

De acordo com a administração do cemitério, até domingo, 4, cerca de 30 mil pessoas devem passar pelo local.

Colunistas