conecte-se conosco

Polícia

Suspeito de assassinar companheira grávida é encontrado morto

Janaina foi assassinada na sexta-feira, e as suspeitas apontavam o seu companheiro, Jandir de Oliveira, como autor do feminicídio.

Publicado

em

Na manhã deste sábado, 29, moradores na região de Pindaúva, em uma área rural de Morretes, no litoral do Paraná, acionaram a Polícia Militar e informaram ter ouvido disparos de arma de fogo na localidade.

Imediatamente, policiais militares se deslocaram ao local, de difícil acesso, e encontraram o corpo de um homem, morto com disparos de arma de fogo e facadas.

Segundo as primeiras informações policiais, ao que tudo indica, o corpo encontrado nesta manhã é de Jandir Ribeiro de Oliveira, de 23 anos, o qual estava desaparecido desde que a polícia encontrou, na madrugada de sexta-feira, 27, a sua companheira, Janaina Ribeiro de Oliveira, morta dentro de casa. As suspeitas de que seja o corpo de Jandir de Oliveira se dão por conta das tatuagens, as quais foram identificadas.

Equipes da Criminalística e IML estiveram no local. O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Paranaguá para exames complementares e identificação da família para o reconhecimento oficial da vítima.

GRÁVIDA ASSASSINADA

Janaina foi assassinada na sexta-feira, e as suspeitas apontavam o seu companheiro, Jandir de Oliveira, como autor do feminicídio. A mulher, de 24 anos, estava grávida de sete meses.

Fotos: Emerson Minini

VEJA MAIS:

Mulher grávida é vítima de feminicídio em Paranaguá

Brasil chega ao milésimo julgamento de feminicídio

Feminicídio: como a cultura do machismo tem contribuído com a violência

Mais de 500 inquéritos policiais investigam feminicídio no Paraná

Caso de mulher assassinada no Rocio é considerado feminicídio

 

Continuar lendo
Publicidade










Em alta

plugins premium WordPress