Connect with us

Polícia

Quarteto armado assalta farmácia no Parque São João

Carro com alerta de roubo estava estacionado em um conjunto habitacional.

Publicado

em

Equipes da Polícia Militar foram acionadas na noite de segunda-feira, 16, por volta das 19h30, para atender a uma situação de roubo contra uma farmácia, instalada na Avenida Bento Munhoz da Rocha, no Parque São João.

No local, em contato com as vítimas, funcionários e clientes do estabelecimento comercial, os policiais foram informados que, momentos antes, quatro indivíduos invadiram a farmácia e anunciaram o assalto.

De acordo com as vítimas, todos estavam armados.

Durante a ação criminosa, dois assaltantes ficaram na área dos caixas, recolhendo o dinheiro, e dois comparsas foram até os fundos da farmácia e ficaram observando a movimentação no local.

Antes de deixar o estabelecimento, um dos criminosos efetuou um disparo de arma de fogo para o alto. Ninguém ficou ferido. Um celular também foi roubado.

FUGA

Populares que estavam do lado de fora e perceberam o assalto, relataram que o quarteto fugiu em um veículo Fiat Palio, cor branca, e o automóvel seguiu na direção do bairro Labra.

VEÍCULO SUSPEITO

Enquanto a região era cercada, uma equipe da ROTAM- Ronda Ostensiva Tático Móvel, do 9.º Batalhão de Polícia Militar, recebeu a informação de que um veículo com as mesmas características do usado no assalto estava no estacionamento de um conjunto habitacional, nas proximidades.

Imediatamente, viaturas foram para o endereço indicado e localizaram o veículo. O carro estava estacionado no conjunto Ilha do Farol, na Rua Chico Mendes.

Em contato com o proprietário, um homem de 39 anos, ele liberou a revista no interior do veículo e a pesquisa junto ao sistema da numeração do chassi.

ROUBADO

O procedimento apontou que o veículo era roubado. Já que os dados da placa não batiam com a numeração do chassi. O Boletim de Ocorrência foi registrado no ano de 2017, em Curitiba.

O homem que se apresentou como atual proprietário do veículo disse que comprou o carro de uma pessoa que não lembrava o nome e pagou R$4.000,00. Ele não apresentou qualquer recibo ou documento, comprovando o negócio.

Diante da situação, ele recebeu voz de prisão, pelo crime de receptação e foi encaminhado para o plantão da Polícia Civil, onde as providências cabíveis foram adotadas.

A utilização do veículo no assalto não foi comprovada pelos policiais.

Continuar lendo
Publicidade

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.