Logotipo

Em menos de uma hora polícia registra dois homicídios no litoral

02 de dezembro de 2019

Tiago Ribeiro Gomes da Silva foi assassinado com um tiro nas costas, perto de um bar, na Avenida Belmiro Sebastião Marques, na Vila Divineia.

Compartilhe

A polícia registrou no domingo, 1.º, em menos de uma hora, dois casos de homicídio no litoral. A primeira ocorrência atendida foi em Paranaguá e a segunda, em Matinhos.

PARANAGUÁ

Equipes da Polícia Militar e do Samu foram acionadas por volta das 20h, de domingo, 1.º, na Avenida Belmiro Sebastião Marques, perto de um campo de futebol, na Vila Divineia, onde um homem havia sido baleado.

No local, os socorristas encontraram Tiago Ribeiro Gomes da Silva, de 34 anos, agonizando, atingido por um tiro nas costas. A equipe tentou por mais de meia hora salvar a vida do homem, porém, ele não resistiu ao grave ferimento e morreu dentro da ambulância.

O Instituto Médico Legal foi acionado e recolheu o corpo de Tiago, que tinha passagens pela polícia. Familiares procuraram a sede do órgão e liberaram o corpo.

MOTOCICLETA

De acordo com informações repassadas por populares, um desentendimento teria ocorrido momentos antes, perto de um bar, onde a vítima estava e, logo em seguida, dois homens em uma motocicleta abordaram Tiago, que caminhava pela calçada, e atiraram. A dupla fugiu.

Tiago Ribeiro Gomes da Silva morava em uma quitinete, no local onde foi assassinado.

Este foi o 51.º homicídio registrado em Paranaguá, em 2019.

Uma equipe da Polícia Civil esteve no local e começou a investigação.

MATINHOS

O segundo caso de homicídio registrado no litoral, na noite de domingo, 1.º, aconteceu em Matinhos, no bairro do Tabuleiro, pouco antes das 21h.

Um popular entrou em contato com a central 190 da corporação e relatou que um homem estava caído na calçada da Avenida Paraná, com ferimentos na cabeça, possivelmente atingido por disparos de arma de fogo.

Imediatamente viaturas foram para o endereço indicado e constataram a situação.

Um menor de 16 anos, morador no bairro, foi executado com pelo menos três tiros na cabeça.

O óbito foi constatado por uma equipe do SIATE, do Corpo de Bombeiros.

A área onde o crime aconteceu foi isolada e depois do trabalho da perícia, realizado pela Criminalística, o corpo foi recolhido ao Instituto Médico Legal de Paranaguá, onde foi reconhecido pela família e liberado para velório e sepultamento.

Poucas informações com relação ao crime foram apuradas no local. Nenhuma testemunha foi encontrada para repassar detalhes do homicídio.

10.º HOMICÍDIO

Este foi o 10º homicídio registrado este ano em Matinhos. No litoral, com os dois casos do fim de semana, o número sobe para 88.

A Polícia Civil também investiga esse caso.


Colunistas