Connect with us

Polícia

Caminhoneiros viram alvo preferido dos criminosos

Motoristas estão assustados com a onda de violência que atinge a categoria

Publicado

em

Além de conviver com ruas esburacadas e sem iluminação, geralmente enquanto aguardam para carregar ou descarregar em empresas da cidade, os motoristas de caminhão que trafegam por Paranaguá estão assustados com a onda de violência que a categoria vem sendo vítima. Os casos são os mais variados e vão desde furto de botijões de gás até roubo com disparos de arma de fogo. Só nesta semana, mais de 10 ocorrências foram registradas na cidade e algumas assustaram quem vive atrás do volante. Alguns casos atendidos pela Polícia Militar:

 

BATERIAS

Por volta das 11h de terça-feira, 4, a Polícia Militar foi acionada na Rua Alzira Andrade Dutra, no Parque São João, para dar atendimento a uma situação de furto. 
No local, em contato com a vítima, um motorista de caminhão de 48 anos, morador em Cascavel, no interior do Paraná, os policiais foram informados que as duas baterias do veículo, o qual estava estacionado na via, foram furtadas.

 

BOTIJÃO DE GÁS

No começo da tarde de terça-feira, por volta das 14h, outro caminhoneiro acionou a Polícia Militar para relatar um furto.
Ao deixar o veículo estacionado na Avenida Senador Atílio Fontana, região do Parque São João, para pegar um documento em uma transportadora, indivíduos levaram o botijão de gás que estava em um compartimento acoplado à carreta.
As equipes fizeram patrulhamento pela região, mas nenhum suspeito foi localizado.

 

CABINE

Por volta das 19h, de terça-feira, 4, policiais militares foram acionados por um motorista de caminhão que tinha acabado de ser assaltado por dois criminosos. A ação aconteceu na Avenida Ayrton Senna, no bairro Emboguaçu.
De acordo com a vítima, ele estava na cabine do veículo, quando foi surpreendido pela dupla. Um dos elementos estava armado. 

Rendido, o homem de 47 anos, morador em Piraquara, na região metropolitana de Curitiba, foi obrigado a entregar um aparelho celular e certa quantia em dinheiro. 
A dupla, que usava jaquetas pretas, fugiu em uma moto Biz, cor preta, na direção da Vila do Povo.
Patrulhamento foi feito na região, porém a dupla não foi localizada. 

 

TIRO

Cerca de 20 minutos depois da ocorrência anterior, outros três caminhoneiros foram vítimas de assaltantes.  Eles aguardavam para carregar em uma empresa instalada no acesso da BR-277 ao Pátio de Triagem do Porto de Paranaguá, quando foram abordados por dois criminosos que ocupavam uma moto BIZ, cor preta. 

Usando roupas cinzas, com faixas refletivas, tipo uniforme de empresa, a dupla anunciou o assalto. Um dos elementos, portava uma arma de fogo, que foi usada para ameaçar as vítimas. 

Depois de pegar três aparelhos celulares e certa quantia em dinheiro, a dupla fugiu. Antes de sair do local, o marginal que estava armado atirou para o alto. Ninguém ficou ferido.
Acionada, a Polícia Militar fez patrulhamento pela região, mas não localizou os suspeitos. 
 

Continuar lendo