Connect with us

Pet

Pets também precisam de proteção contra a gripe

Vacina antigripal é indicada a partir de oito semanas em cães e nove em gatos

Publicado

em

Assim como os humanos, os pets também precisam de proteção contra a gripe. A vacina antigripal deve ser aplicada a partir de oito semanas em cães e nove em gatos, além de uma dose anual para manter a imunização. A vacinação inicial contra a gripe é feita com duas doses com intervalo de 21 dias entre elas. Depois disso, o animal recebe um reforço anual, pois a proteção tem prazo de um ano.

Desânimo, indisposição, sonolência e falta de apetite são alguns dos sintomas que os animais podem apresentar

 

A médica veterinária, Paula Eduarda Quintana Bernardi, afirmou que a vacina é extremamente importante, já que a gripe pode favorecer infecções secundárias por outros agentes, levando a quadros mais graves como pneumonia. “Vale lembrar que a prevenção é sempre o melhor caminho, uma vez que o pet seja infectado, corre sérios riscos de vida, além de disseminar a doença para outros pets, então é de nossa responsabilidade como tutores manter sempre o protocolo de vacinação em dia pelo bem dos nossos bichinhos e pelo bem coletivo”, explicou.

Os donos devem sempre procurar pela vacina antigripal em uma clínica veterinária onde o profissional seja credenciado no Conselho Regional de Medicina Veterinária. Mas é necessário também avaliar as condições de saúde do animal.

“No momento da vacinação ele deve estar com seu estado imunológico íntegro, livre de doenças e/ou parasitas. Vale ressalvar que existem várias marcas de vacinas e diferentes protocolos de vacinação, por isso o ideal é sempre ter a orientação do médico veterinário”, orientou Paula. A vacina é contraindicada para animais imunocomprometidos ou abaixo de oito semanas de idade.

SINTOMAS

A gripe nos pets pode se manifestar com sinais específicos. “Logo de início, pode-se notar o pet um pouco mais desanimado, indisposto, sonolento, com falta de apetite, assim como se manifesta em nós. Porém, como os bichinhos não falam, muitas vezes esses sinais passam despercebidos. Com a evolução do quadro pode-se observar espirros, tosse, lacrimejamento e secreção nasal. O atendimento médico deve ser procurado logo nos primeiros sinais. Quanto mais cedo, melhor”, recomendou a veterinária.

CUIDADOS NO INVERNO

No inverno é importante oferecer ao pet um lugar livre de chuva e frio. Mantê-los aquecidos e secos deve ser uma preocupação em todas as estações, mas com as temperaturas mais frias deve-se sempre ter um lugar onde o pet possa se abrigar da chuva e vento, com cobertas e acesso livre à água e alimento.“Em dias mais frios, pode-se colocar bolsa de água quente junto das cobertas”, indicou a veterinária Paula.

 

Continuar lendo
Publicidade

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.