conecte-se conosco

Paróquia São João Batista

Festa de Nossa Senhora do Rosário

Todas as vezes que nos reunimos para celebrar a nossa fé, celebramos o mistério da presença de Deus em nossas vidas.

Publicado

em

Olá caríssimo leitor, caríssima leitora do Jornal Folha do Litoral News,

A você e a sua família, minhas orações!

É com alegria que a nossa Igreja Católica, da Diocese e da cidade de Paranaguá, vive a festa da nossa Padroeira, Nossa Senhora do Rosário. Na sexta passada teve início a Novena (de 27/09 a 06/10 com a Santa Missa às 19h30). E no próximo domingo, dia 7 de Outubro, Missa às 7h; às 10h; e após a Procissão das 18h.

Todas as vezes que nos reunimos para celebrar a nossa fé, celebramos o mistério da presença de Deus em nossas vidas, pela ação do seu Santo Espírito, pela sua Palavra que nos é dirigida e pela Eucaristia, sacramento/ sinal da entrega da vida do Filho de Deus à sua comunidade, do seu Corpo e Sangue.

Essa é a nossa espiritualidade de cristãos católicos, um estilo de vida que procuramos viver ouvintes e praticantes da Palavra. E a prática se revela no gesto de entrega da nossa vida a Deus e ao próximo.

Ao celebramos a novena, agradecemos a Deus que nos deu Maria, como um modelo e exemplo no seguimento e serviço a Jesus Cristo e à Igreja. Ela é também nossa Intercessora e Protetora diante de Deus.

Se ela é a Mãe de Cristo – que é o Cabeça da Igreja – é também Mãe do Corpo – que é a Igreja. Portanto, Maria, com o título de Nossa Senhora do Rosário é Mãe de Cristo e Mãe da Igreja.

Maria aparece na Palavra como “bem aventurada aquela que acreditou em Deus” (Lc 1,45). Como aquela que ouviu e obedeceu: “Eis aqui a serva do Senhor, faça-se em mim segundo a tua Palavra” (Lc 1,37). Como aquela que ensinou a obedecer: “Faça tudo o que Ele vos disser” (Jo 2,5). Como “aquela que ficou aos pés da cruz” (Jo 19,25), enquanto seu Filho estava sendo crucificado. Como aquela que “permaneceu na Comunidade dos apóstolos” (At 1,14).

Para nós cristãos católicos, Maria é um exemplo de serva que se tornou nossa Rainha, pois só escutou a Deus e a Ele serviu. Nós não a adoramos. Adoramos somente a Jesus, mas temos um carinho e uma consideração indescritível por aquela que deu um sim a Deus e mudou a história da humanidade.

Sinta-se convidado(a) a celebrar a nossa Padroeira, na Catedral Diocesana, especialmente domingo, Missa às 7h, às 10h e após a Procissão das 18h. Neste dia, às 11h30 Almoço com Churrasco. E dias 5 e 6 (sexta e sábado), após a Missa, quermesse.

Pe. Eliel

Continuar lendo
Publicidade










Em alta

plugins premium WordPress