Connect with us

Instituto Histórico e Geográfico de Paranaguá

CASA DACHEUX II

Finalmente ocorreu o restauro da “Casa Dacheux”, quando se abrem novamente as portas da antiga venda do “Seu Jacó”, o Largo da Matriz se encontra em festa.

Publicado

em

O artigo da semana passada terminou quando contei que a minha avó adquiriu o casarão do sr. Aníbal Dias Paiva no mês de maio de l912. Mudou-se para este prédio, de acordo com uma anotação sua que hoje está exposta nesta mostra, no dia 21 de setembro de 1912…. E, nesses quase 100 anos em que a nossa família viveu e conviveu nesta casa, passaram seis gerações, desde nossa bisavó Stella, mãe de vovô, francesa que nos transmitiu o sobrenome Dacheux e que mesmo depois da morte de vovô, continuou morando com vovó. 

Aqui nós crescemos, criamos nossos filhos, participamos do convívio fraterno com os vizinhos, vimos a matriz se tornar Catedral, a pedra, marco dos 300 anos da nossa cidade ser erguida no Largo Monsenhor Celso e, sob o comando de vovó, enfeitávamos as janelas todas as vezes que Nossa Senhora do Rosário saía em procissão. Pelo repicar dos sinos sabíamos quando era chamamento para a missa, para festa ou funeral.  Nessa época, década de 50 do século passado, moravam na parte térrea do sobrado seu Jacó e dona Helena, casal de libaneses, que mantinha um negócio de venda de doces, cigarros, frutas, lenha e outras miudezas, além do pinhão e milho cozidos, que dona Helena preparava no capricho e que se conservavam quentinhos dentro de um grande panelão de ferro. Seu Jacó, por ter sofrido um derrame, tinha dificuldade de locomoção e ficava sentado atrás do balcão, tomando conta da venda. Dona Helena fazia todo o serviço da casa e ainda ajudava no balcão. Durante muitos anos o casal morou no sobrado. Com frequência, falavam entre si em árabe. Pelos gestos que faziam e pelo tom de voz, sabíamos quando estavam brigando.

Na maioria das vezes falavam e riam muito. Eram sempre cordiais e amigos, bons vizinhos, bons comerciantes, vivendo em paz e harmonia. Certo dia, acordamos em meio a um grande alvoroço. Discussão, gritaria, confusão, aglomeração de gente… Apurando os ouvidos, percebemos que o “bate boca” era em árabe. Seu Jacó e dona Helena! … o que teria acontecido? Finalmente a resposta e o espanto geral: Dona Helena flagrou seu Jacó com uma namorada. Botou o velho para fora de casa e nunca mais o perdoou. De vez em quando, seu Jacó aparecia para tentar uma reconciliação. Nessas ocasiões, dona Helena fechava a venda e saía. Seu Jacó ficava sentado na porta chorando e falando em árabe, até que um parente seu vinha buscá-lo. Em pouco tempo, dona Helena encerrou o negócio e foi embora. Nunca mais tivemos notícias do casal. Aquelas portas fechadas entristeceram a vizinhança. O Largo da Matriz já não era o mesmo. Faltava espaço para as brincadeiras de esconde-esconde e para as correrias, que sempre passavam por dentro da venda, entrando por uma porta e saindo por outra. E as guloseimas? E os quitutes de dona Helena? E os quibes recheados? E a presença do seu Jacó? Ficou um grande vazio e a lembrança daquele casal que já fazia parte da nossa vida. Eram eles que diariamente abriam as portas da venda que não tinha nome, mas que tinha grande freguesia e que era conhecida na cidade inteira simplesmente como “Seu Jacó”.

Finalmente ocorreu o restauro da “Casa Dacheux”, quando se abrem novamente as portas da antiga venda do “Seu Jacó”, o Largo da Matriz se encontra em festa. Alegram-se os vizinhos, alegra-se toda a cidade de Paranaguá e, se alegra principalmente a nossa família, que mantém com este sobrado uma profunda ligação afetiva através de várias gerações.

Maria Helena Mendes Nízio

Diretora de Cultura – IHGP

Continuar lendo
Publicidade

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.