conecte-se conosco

Infraestrutura

Viaduto da BR-277 na entrada de Paranaguá está 86% concluído

Quando concluída, estrutura terá 900 metros de extensão, seis de altura e 7,6 de largura

Publicado

em

Inauguração deve ocorrer no segundo semestre de 2019

Uma das obras mais aguardadas para reduzir o impacto do fluxo viário de caminhões na entrada de Paranaguá em direção ao Porto, o viaduto que está sendo construído no KM-5 da BR-277 está com 86% das obras concluídas de acordo com o Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER-PR), responsável pela execução da benfeitoria, que está sendo construída com recursos da Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (APPA). A obra foi iniciada no dia 31 de julho de 2018 e a previsão de entrega é para o segundo semestre de 2019.

Segundo o projeto, a estrutura terá 900 metros de extensão, seis de altura e 7,6 de largura. O novo viaduto deve organizar o tráfego pesado na entrada da cidade, que recebe mais de 400 mil caminhões ao ano. Segundo a assessoria do DER-PR, até a última medição realizada em abril, a obra estava 86,22% finalizada. "Os serviços de pavimentação, obras de arte especiais, terraplanagem, sinalização e serviços complementares ainda estão sendo executados e estão dentro do cronograma previsto", explica o DER-PR.

De acordo com o Estado, o custo estimado da obra é de R$ 12.750.000,00, recursos da APPA. "As vantagens para os usuários da rodovia serão um maior conforto e segurança para quem trafega no entorno da interseção entre  a Avenida Ayrton Senna e BR-277, tanto no sentido Porto de Paranaguá como no sentido Curitiba", explica o DER-PR. "No momento não há data exata para a inauguração", informa a assessoria, afirmando que a única estimativa é que o viaduto entre em funcionamento no segundo semestre deste ano.

Desde o início das obras em 2018, a APPA destacou que as pessoas que moram em áreas próximas ao novo viaduto não serão afetadas com a benfeitoria. “Quanto às pessoas que residem nas imediações do viaduto, não há influência na obra. A concessionária que administra a BR-277 tem o poder de legislar sobre essa questão e tomar as devidas providências sobre este assunto”, informa.

Objetivo é organizar o trânsito, principalmente em torno dos caminhões que vão em direção ao porto pela Avenida Bento Rocha

OUTRAS OBRAS

Segundo a APPA e o Governo do Estado, há a previsão de outras obras para equilibrar a relação entre Porto e cidade e o fluxo de veículos em Paranaguá. Uma delas já está em execução, a revitalização da Avenida Bento Rocha, entre a ponte do Rio Emboguaçu e a interseção com a Avenida Portuária, com investimento de R$ 15,9 milhões. A via em questão possui um tráfego intenso de caminhões que descarregam no porto e será totalmente reformada com nova iluminação, sinalização e recuperação de pavimento, além de uma nova ciclovia.

Também há a intenção de melhorar a Avenida Ayrton Senna, que é de responsabilidade do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) do Governo Federal. Mas, para isso, ainda é preciso elaborar um projeto de execução. Além disso, ainda há projetos de construção de quatro novas trincheiras na BR-277.

Continuar lendo
Publicidade

Em alta

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.