Connect with us

Infraestrutura

MPF recebe representantes da Rumo para debater renovação de contratos de ferrovias

Concessionária Rumo Malha Paulista é responsável pela malha férrea que escoa a produção agrícola do Centro-Oeste até o Porto de Santos.

Publicado

em

Em mais uma etapa da ação coordenada que acompanha os processos de renovação antecipada dos contratos de ferrovia, a Câmara de Ordem Econômica e Consumidor (3CCR) recebeu na terça-feira, 28, representantes da Concessionária Rumo Malha Paulista.

No encontro, a Rumo defendeu a renovação do contrato de concessão para que haja expansão da malha ferroviária brasileira. Já o MPF destacou que está aberto ao diálogo e ressaltou que é imprescindível que as negociações sejam norteadas pelo interesse público.

Coordenador da 3CCR, o subprocurador-geral da República Augusto Aras lembrou que os contratos precisam observar os princípios constitucionais, mas destacou a evolução do processo em curso.

“Estamos observando o amadurecimento do diálogo entre os atores envolvidos na renovação antecipada dos contratos de ferrovias”, afirmou.

Ele ressaltou, no entanto, que o MPF segue empenhado em garantir a eficiência, a impessoalidade, a moralidade e a razoabilidade dos contratos – assim como foi cobrado pela PGR na Ação Direta de Inconstitucionalidade 5991/DF.

O MPF acompanha de perto a situação dos contratos. Além dos princípios constitucionais, a 3CCR defende também que a malha brasileira seja interligada e que as concessionárias quitem os valores devidos. Só no caso da Rumo Malha Paulista, a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) estima um passivo que ultrapassa a casa de R$ 1 bilhão. Durante a reunião, os representantes da Rumo afirmaram que estão dispostos a quitar os passivos e que a conexão da malha já é um projeto em curso na companhia.

As ferrovias da Rumo são de suma importância para a matriz férrea brasileira, pois escoam a produção agrícola do Centro-Oeste até o Porto de Santos, em São Paulo. A dívida da empresa está relacionada a passivos ambientais, invasões de faixa de domínio, trechos ferroviários sem tráfego e em condições inadequadas de trafegabilidade, além de edificações, equipamentos, vagões e locomotivas arrendados e em estado inadequado de conservação.

Também participaram da reunião procuradores da República que integram a ação coordenada Ferrovias e os membros do colegiado subprocurador-geral da República Brasilino Pereira dos Santos e procurador regional da República Luiz Augusto Santos Lima.

Continuar lendo
Publicidade

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.