conecte-se conosco

Esportes

Litoral Fight Combat: quarta luta do card principal de MMA será confronto de especialistas em Muay Thai

Willian Barbosa, da equipe King Star de Pontal do Paraná, enfrentará Ramon Ribeiro, da Chute Boxe de Curitiba

Publicado

em

A noite do próximo dia 7 de julho está sendo aguardada com expectativa entre os amantes do Mixed Martial Arts (MMA) do litoral e de todo o Estado. Será a hora em que ocorrerá a primeira edição do Litoral Fight Combat (LFC) no Ginásio Dr. Joaquim Tramujas, em Paranaguá.

Nesta semana, a organização do evento anunciou a quarta luta do card principal, que será especial para os amantes do Muay Thai, uma das principais artes marciais praticadas no Brasil e no mundo, com o confronto entre Willian "Lila" Barbosa, de 24 anos, da equipe King Star de Pontal do Paraná, que já foi campeão mundial da modalidade, contra o experiente lutador Ramon "Mun-Rá" Ribeiro, de 38 anos, da academia Chute Boxe de Curitiba, uma das referências no Muay Thai em todo o mundo.

 

"A expectativa é de um bom público e de um espetáculo. Já está divulgando muito bem, estamos com uma boa adesão. O objetivo é trazer novos campeões, ao exemplo de John Lineker e Junior 'Baby' Albini que se destacam no Ultimate Fighting Championship (UFC). Precisamos destes eventos para trazer novos talentos do litoral para o MMA do mundo. Paranaguá é a única cidade que conta com dois talentos, o  Lineker e o 'Baby', no maior evento do esporte a nível mundial", afirma o manager e organizador do LFC, Hélio Alves. Ele ainda destaca que o evento repercutirá no cenário da luta em todo o Paraná, sendo que o confronto marcará a estreia de Barbosa, campeão mundial de Muay Thai, no MMA, contra um experiente e excelente atleta do esporte, Ramon Ribeiro.

 

Willian Barbosa foi campeão mundial de Muay Thai e está há três anos invicto na modalidade, sendo que recebeu pela organização do LFC a oportunidade de estrear no MMA.

"Recebi este convite para lutar no MMA com um cara experiente e mais velho, faixa preta no Muay Thai e profissional no MMA, mas estou bem tranquilo para a luta, esperando mais um nocaute. É uma grande oportunidade para mim estar experimentando outras artes marciais dentro do MMA. Treino pouco o chão, estou me preparando mais agora, mas não tenho preocupação, vai começar em pé e vai terminar em pé", destaca, ressaltando o potencial do litoral no cenário do MMA brasileiro, algo que será divulgado nacionalmente com o Litoral Fight Combat.

 

"Casca grossa" e profissional no MMA, Ramon Ribeiro leva com ele o peso de representar a Chute Boxe, uma das referências no MMA e Muay Thai no mundo, revelando inúmeros atletas em Curitiba como Maurício Shogun, Cris Cyborg e Wanderlei Silva.

"A preparação está a mil. Estou treinando de amanhã, de tarde e de noite, não pode parar. Há um foco na alimentação até a parte prática, no Jiu-Jítsu, Wrestling e o Muay Thai, que é minha especialidade", afirma. "Enfrentarei um atleta duríssimo, então preciso estar muito preparado", completa o atleta, destacando que a luta deverá ser um espetáculo para quem aprecia o Muay Thai e a luta em pé.

 

Continuar lendo
Publicidade