Logotipo

Venda de livros se intensifica em Paranaguá com a proximidade da volta às aulas

07 de fevereiro de 2019

Cíntia Nascimento, líder de vendas, e Camilla Costa, vendedora de uma livraria em Paranaguá, destacam que o movimento aumenta consideravelmente com a volta às aulas

Compartilhe

Além dos estudantes, pais acabam aproveitando período para comprar exemplares

A proximidade da volta às aulas em fevereiro está intensificando o movimento nas livrarias de Paranaguá, neste início de 2019. Além dos livros escolares, os estabelecimentos estão apostando na diversificação de produtos para atrair os estudantes adolescentes e infantis, bem como apostam no oferecimento de exemplares de literatura para pais e responsáveis. Além disso, em Paranaguá, há a opção de envio com antecedência da lista de livros exigidos no material das escolas para facilitar a compra por parte de pais e alunos. Ambiente agradável, diversificação de produtos e atendimento personalizado fazem com que o setor de livrarias esteja em alta em Paranaguá, segundo pessoas que atuam na área.

A líder de vendas, Cíntia Gomes Luiz Nascimento e a vendedora Camilla Costa, que atuam em uma das principais livrarias de Paranaguá, explicam que a volta às aulas aumenta o movimento no estabelecimento. "A procura por livros pré-vestibular aumentou, bem como livros que são pedidos pelas escolas particulares e para o vestibular da Universidade Federal do Paraná (UFPR) e outras faculdades. Eles fazem uma seleção de livros e exigem no terceiro ano do ensino médio, fazendo uma prévia do que vai cair no vestibular", explica Camilla.

Além disso, há listas específicas de livros de escolas de Paranaguá que são repassadas para a livraria, tanto no ensino fundamental quanto o médio, fazendo com que pais e responsáveis não mais necessitem ir até Curitiba para comprar toda a literatura necessária para a educação do seu filho.

Cíntia Nascimento afirma que o público que consome literatura na livraria é fiel. "A movimentação nesse sentido não caiu. O nosso público é contínuo, são leitores assíduos da livraria", acrescenta. "Muitas pessoas vem comprar o material escolar e acabam levando livros. O público é variado. Muitos vem comprar uma mochila e acabam levando conteúdo de literatura", completa. "O aumento é considerável nas vendas com a volta às aulas que se torna o nosso carro-chefe neste período de fevereiro e janeiro", destaca a líder de vendas.

Escolas de Paranaguá disponibilizam lista completa de livros do material escolar que podem ser comprados todos nas livrarias locais, sem necessidade de sair da cidade

Outro ponto é a procura de livros para o ensino infantil neste período de retorno às unidades de ensino. "A maioria dos livros que vendemos é do público infanto-juvenil, os livros infantis são mais os pais que compram para incentivar a leitura nas crianças", explica Camilla Costa. "Aumentou a procura também de livros por concurso público e na área de Direito", explica, ressaltando outro foco da livraria que é a volta às aulas das universidades.

SETOR DE LIVRARIAS EM ALTA EM PARANAGUÁ

Ao contrário do que ocorre na maioria do Brasil, onde grandes livrarias afirmaram em 2018 que chegaram a fechar 40% das suas unidades no País, o setor está aquecido em Paranaguá e no litoral. "Aqui estamos crescendo, graças a Deus. A nossa marca só vem ampliando sua atuação e abrindo novas lojas, o nosso público é fiel e cresce a cada dia. Aqui é bem requisitado, com um ambiente super agradável", explica, ressaltando que uma coisa leva a outra, visto que há itens de presentes, papelaria, mochilas, fazendo com que a diversificação de produtos seja a chave do sucesso.

 

 


Colunistas