conecte-se conosco

Educação

Estudantes do José Bonifácio surpreendem em feira cultural

10.ª Bonitec mostrou a máquina do tempo através de diferentes trabalhos

Publicado

em

O Colégio Estadual José Bonifácio realizou na terça-feira, 22, a 10.ª edição do Bonitec. Trata-se de uma feira cultural que acontece anualmente envolvendo todas as turmas do estabelecimento de ensino.

Neste ano, a feira teve como tema a ‘Máquina do Tempo’ mostrando trabalhos desde o descobrimento do Brasil em 1500 até os anos que ainda estão por vir como 2100.

“Nessa máquina do tempo, nossos alunos proporcionaram aos visitantes uma verdadeira viagem na história. Foram mostradas invenções, costumes e fatos históricos que mudaram o comportamento do homem em diferentes épocas. Nossos alunos se superaram”, destacou o coordenador Claudio Valões.

Um dos primeiros trabalhos expostos no rol do colégio mostrou as invenções que marcaram a década de 1920. “Apresentamos Santos Dumont e o avião, o personagem Gato Félix, que foi a primeira animação da época, e também as roupas daquele tempo, um pouco da história da moda”, contou a estudante Thais Santos do 9.º ano.

Um grupo de estudantes do 1.º ano do curso técnico em informática fez pesquisas sobre a evolução da Internet, evidenciando o mercado de trabalho de tecnologia da  informação e a automação. A atividade foi apresentada detalhadamente pelos alunos Kauan, João, Christopher e Matheus.

 Kauan, João, Christopher e Matheus explicaram sobre a evolução da informática

Mercado de trabalho do setor tecnológico tambem foi mostrado

Detalhes sobre logistica foram explicados pelos estudantes

Uma das salas que também chamou atenção tratou das causas e consequências da segunda guerra mundial com os atendimentos médicos. Um dos estudantes simulou os soldados feridos nas trincheiras, explicando o uso do material bélico na época.

 Estudantes mostraram as causas e consequências da segunda guerra mundial.

O 1.º ano B do Ensino Médio fez um trabalho realístico sobre os piratas e suas atividades realizadas entre os anos de 1750 a 1799. Intitulado como a época dourada da pirataria, os estudantes Matheus Lima, Guilherme Henrique e Rodrigo Junior, devidamente caracterizados, explicaram para aos visitantes, a forma de agir dos piratas. 

 Izabelli e Mariana contaram a história dos piratas

O 1.º ano do curso de administração mostrou a colonização do Brasil. Os estudantes se caracterizaram como índios e índias e também com roupas da nobreza. Além disso, teve ainda apresentação das comidas típicas e painéis explicativos sobre os costumes da época.

Colonização brasileira foi um temas apresentados

Teve ainda a sala do futuro, uma das mais visitadas. Uma das turmas do 2.º ano mostrou através de projeções como será o futuro entre os anos de 2050 a 2100, estimulando a reflexão entre os visitantes.

trabalhos foram voltados para as questões futurísticas da tecnologia

A parte cultural também foi lembrada com trabalhos sobre a parte musical desde o início do século XX aos dias atuais. Os estudantes de diferentes séries mostraram as décadas e as músicas e os artistas que fizeram sucesso, ganhando destaque a Bossa Nova, a Jovem Guarda e o rock nacional.  

“Os trabalhos este ano foram variados mas focados em pontos em comum, a viagem na história. Parabenizo os alunos e os professores que se empenharam na realização do Bonitec 2019. Em cada sala observamos um conhecimento profundo de cada trabalho apresentado, onde os alunos se entregaram ao tema, se caracterizando e dando mais vida aos trabalhos pesquisados”, ressaltou o diretor do estabelecimento Alex Weiss.

Continuar lendo
Publicidade