Connect with us

Educação

Escola Nascimento Júnior desenvolve atividades sobre educação indígena

Comidas de origem indígena preparadas durante a aula

Publicado

em

A Escola Municipal Nascimento Júnior, localizada no Jardim Guaraituba, está realizando o projeto “Identidade Brasileira”. Através de atividades práticas e teóricas, os estudantes estão aprendendo sobre a cultura indígena. 
As aulas são desenvolvidas nas turmas de terceiros, quartos e quintos anos. As primeiras lições envolvem a parte do vocabulário, começando pelo nome da cidade de Paranaguá, que em tupi-guarani significa ‘grande mar redondo’. 

Os estudantes aprendem também sobre a história de Paranaguá desde o tempo em que a região era dominada pelos índios Carijós. De acordo com a professora Salete Ferreira de Lima, o projeto é trabalhado dentro da disciplina de História, seguindo o conteúdo de cada turma com o propósito de desenvolver nos alunos o pensamento e entendimento da importância da população indígena brasileira. Os estudantes utilizam  textos e gravuras para pesquisas, recebendo também orientação dos pais nas atividades de casa. 

Atividades teóricas também despertam a curiosidade dos alunos

“Todos fazem leitura de textos apresentados em diferentes meios de comunicação e também nos livros didáticos. Outra ferramenta importante é a Internet. Desta forma eles trocam os relatos e fazem intercâmbio de ideias, possibilitando assim momentos de reflexão sobre a questão indígena atual, mostrando que a população indígena brasileira é a base da formação da nossa identidade”, explica a professora. 

Os textos que foram trabalhados contêm, ainda, dados sobre o que representa a terra para os indígenas e sua relação com a natureza. Os alunos fizeram também o mapeamento do Brasil com as principais etnias indígenas e sua localização dando ênfase ao litoral paranaense, destacando a sociedade, cidadania, respeito e a cultura. 

 Professora Salete com os alunos Diogo Falcão e Lucas.

“As atividades têm sido proveitosas, pois eles aprendem que os indígenas não têm habilidade para o comércio e vivem exclusivamente da agricultura, pesca, caça e artesanato”, apontou.  

O estudante Diogo Falcão contou que aprendeu muitas palavras do vocabulário indígena e também as comidas típicas que hoje são utilizadas no dia a dia dos brasileiros.

“Realizamos na escola um dia de alimentação indígena e foi muito legal conhecer de perto os alimentos. Além disso, também fizemos cartazes e muitas pesquisas sobre a cultura dos índios”, contou. 

As atividades sobre educação indígena foram marcadas no terceiro bimestre pela degustação de comidas típicas.  Os alunos trouxeram os ingredientes e preparam com apoio da professora algumas iguarias como tapiocas, canjicas, beijus, sucos de frutas e pipocas. 

Boneca Amora, mascote da escola, tambem provou as comidas indigenas

Continuar lendo
Publicidade

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.