conecte-se conosco

Turismo

Navio de cruzeiro tem gerado emprego e renda em Paranaguá

Empresas que atuam no receptivo relataram o que mudou com a temporada do MSC Lirica

Publicado

em

Ao som do fandango caiçara ou do samba, manifestações culturais e artísticas brasileiras, os turistas que desembarcam do navio MSC Lirica chegam ao receptivo montado na Praça de Eventos Mário Roque, em Paranaguá. Este é o cenário de toda sexta-feira no local desde que começou a temporada do cruzeiro MSC Lirica no município, em 1.º de dezembro de 2023, que segue até março deste ano.

E, para recepcionar esses visitantes de diversos países, as operadoras de turismo tem atuado na praça e movimentado o setor. O presidente da Barcopar (Associação dos Proprietários de Barcos de Turismo e Transporte do Estado do Paraná), Eron Farney Brito Nascimento, afirmou que a atividade gera hoje emprego direto para 46 famílias. “Somente na nossa área, em nosso grupo de trabalho, envolvendo vendedores, guias, fiscal de segurança e barqueiros”, destacou Eron.

Adaptação

A empreendedora Nicoly Paiffer oferece passeios para a Ilha do Mel aos passageiros que estão em trânsito por Paranaguá.  No receptivo, a operadora tem 30 pessoas, sendo sete vendedoras, 10 condutores e 13 barqueiros.

“Antes da temporada de navios, nossa atuação era mais local e em menor escala. Com a chegada dos navios, tivemos que nos adaptar rapidamente. Ampliamos nosso alcance para turistas estrangeiros, buscando profissionais fluentes em espanhol e capacitando nossa equipe. A logística também precisou ser ajustada para lidar com a demanda aumentada. A temporada de navios nos desafiou a crescer e nos adaptar e estamos orgulhosos do resultado”, afirmou Nicoly.

São oferecidos city tours, passeios para a Ilha do Mel e pela baía de Paranaguá 

Para ela, receber os turistas tem sido um desafio, mas também uma realização. “Há anos esperávamos pelos cruzeiros em Paranaguá e agora estamos vivenciando isso. É um período de aprendizado constante e tem aberto muitas portas para o turismo local. O retorno tem sido bastante positivo, com os turistas encantados com a região e a hospitalidade”, disse Nicolly.

Paranaguá tem despertado o interesse dos visitantes. “Aquilo que muitas vezes consideramos rotina, para eles é encantador. A chegada dos navios traz visibilidade para toda a natureza, história e cultura caiçara”, destacou a empreendedora.

Sonho realizado

Já Anna Cláudia Mariano Gonçalves, agente de turismo, trabalha com city tour por Paranaguá, e os passeios para a Ilha do Mel e pela baía de Paranaguá. “Trabalham conosco direta e indiretamente cerca de 45 pessoas entre equipe de vendas, operação e administração”, disse Anna Cláudia.

A vinda dos navios para Paranaguá, que também é local de embarque e desembarque de passageiros, é um sonho realizado. “Com os navios, tem sido para mim a realização de algo que sempre sonhei para a cidade. Minha agência sempre atuou como agência emissiva, levo grupos de viagens para vários destinos nacionais e internacionais, por isso conheço o turismo que dá certo e esse é o caminho que estamos tomando. Procuramos fazer um turismo com qualidade e segurança. Queremos encantar o turista, e isso não é difícil, nossa cidade é linda e rica em história, cultura e em belezas naturais”, defendeu Anna Cláudia.

Segundo ela, os passageiros têm se encantado por Paranaguá. “Quem faz nosso city tour se impressiona com nossa história e cultura e os turistas que fazem os passeios na baía de Paranaguá ou vão a Ilha do Mel se apaixonam por nossas belezas naturais”, ressaltou Anna Cláudia.

O empresário Rafael Pereira Galdino fornece o atendimento com as lanchas e apoio da Barcopar, levando os turistas até a Ilha do Mel. “Fizemos um grupo com, em média, 15 lanchas rápidas com amigos de Paranaguá, Guaraqueçaba e Ilha do Mel, nos unimos para assim fazer um bom atendimento aos nossos turistas de modo rápido e seguro”, afirmou Rafael.

De acordo com ele, essa tem sido uma experiência valiosa pelo potencial e interesse que o turismo desperta. “Vale exaltar o comprometimento e profissionalismo de todos os marinheiros envolvidos neste processo de recepcionar os turistas do navio de cruzeiro. Eu como membro da Adetur, do Conselho de Turismo e membro do Convention Paranaguá agradeço de modo geral a todos os envolvidos neste processo”, concluiu Rafael.

plugins premium WordPress