Connect with us

Portos do Paraná

Portos do Paraná registram recorde na movimentação mensal

Resultado histórico é de abril. Em 30 dias foram mais de 5,5 milhões de toneladas de cargas, 30,9% a mais que no mesmo mês de 2019.

Publicado

em

A maior movimentação mensal da história dos Portos do Paraná foi alcançada no último mês de abril. Dados consolidados esta semana mostram que em 30 dias foram mais de 5,5 milhões de toneladas de cargas – volume 30,9% maior que o registrado no mesmo mês, em 2019.

No acumulado de janeiro até abril já são mais de 18 milhões de toneladas, 15% a mais que no período do ano passado, com 15,7 milhões.

“Foi a melhor movimentação mensal já alcançada pelos terminais paranaenses. O aumento foi em todos os segmentos de carga, com mais um recorde no Corredor de Exportação, no Pátio de Triagem e também nos silos públicos”, diz o diretor-presidente da Portos do Paraná, Luiz Fernando Garcia. “Os volumes surpreendem e temos que lembrar que toda essa performance está sendo alcançada em um momento bem adverso que é o de enfrentamento a uma pandemia”, enfatiza.

Garcia lembra que, diante das adversidades, foram necessários muitos ajustes e colaboração de toda a comunidade portuária.

“Fizemos ajustes operacionais de toda ordem para que nas mesmas 24 horas haja um rendimento maior desde a recepção da carga, manejo nos terminais e embarques nos navios. Além disso, montamos toda uma estrutura preparada em atenção e cuidado com a saúde dos nossos trabalhadores, que não pararam”, completa o diretor-presidente.  

Desde o último dia 25 de março, já são mais de 40 dias com reforço na desinfecção das estruturas, oferta de equipamentos para higienização dos trabalhadores, aferição de temperatura, no acesso ao cais e no Pátio de Triagem dos caminhões e encaminhamento médico, quando necessário.

NÚMEROS

Considerando os segmentos, os maiores volume e percentual foram registrados na movimentação dos granéis sólidos. No geral, este segmento representa um volume de 3,84 milhões de toneladas no mês, mais de 44% a mais que o movimentado em abril de 2019 (2,66 milhões de toneladas).

No acumulado dos quatro meses do ano, 11,8 milhões de toneladas de granéis sólidos foram movimentados, 17% a mais que o registrado no ano passado, com 10 milhões de toneladas.

SOJA

No segmento granéis sólidos, o destaque é para o volume de soja: 2,24 milhões de toneladas no mês – 103% a mais que em abril de 2019. Nos primeiros quatro meses foram 5,8 milhões, 46% a mais que o exportado no mesmo período do ano passado.

“Foi o maior movimento de embarque do Corredor de Exportação. Em abril foi novamente batido o recorde mensal, resultado de uma grande safra e do fato de estarmos há dois meses sem chuva significativa, com um fluxo de embarque intenso. Estamos, certamente, ainda mais produtivos”, afirma o chefe da Divisão de Silos, Gilmar Francener.

Como ainda destaca Francener, em abril, o Silo Público Vertical, conhecido por “Silão”, foi o maior embarcador de carga entre todos os terminais do complexo, com 446.939 toneladas movimentadas. “Superando terminais com o dobro da sua capacidade”, diz ele.

FERROVIA

Ainda foi destaque a recepção dos granéis de exportação em vagões. Em abril, foram 10.194 vagões descarregados, quase 20% a mais que em abril no ano passado (8.505).

Na importação do segmento (granel sólido), destaque para a movimentação dos fertilizantes. No mês, 743.372 toneladas (71,6% a mais que o registrado em abril de 2019, 432.987 toneladas. No ano, já são 2,87 milhões de toneladas importadas, 15% a mais que em 2019 (2,5 milhões).

CARGA GERAL

Em volume, o segundo segmento que mais movimenta nos portos paranaenses é o de Carga Geral. Mais 1 milhão de toneladas foram registradas em abril, um aumento de  8% em relação as 922.689 do mesmo mês, em 2019.

No quadrimestre foram quase 3,8 milhões de toneladas de cargas, 9% a mais em relação às 3,4 milhões de toneladas do ano passado, no mesmo período.

LÍQUIDOS

De granéis líquidos que entraram e saíram pelo Porto de Paranaguá, em abril, 681.624 toneladas, um aumento de 7% em relação ao movimentado em 2019. Já no acumulado dos quatros meses, este ano, 2,4 milhões de toneladas, 10% a mais que as 2,2 milhões de toneladas do ano passado. Os principais produtos movimentados foram derivados de petróleo na importação e óleo de soja, exportação.

Clique aqui e confira os NÚMEROS COMPLETOS do mês.

AEN

Fotos: Claudio Neves

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.