Connect with us

Polícia

Rapaz é assassinado no portão de casa na Vila São Vicente

Gabriel Tomaz Pinto foi executado com três disparos de arma de fogo, no portão da casa onde morava, na Vila São Vicente

Publicado

em

Gabriel Tomaz Pinto, de 24 anos, foi assassinado com vários disparos de arma de fogo, no final da noite de domingo, 28, por volta das 22h40, no portão da casa onde morava, na Vila São Vicente.

De acordo com testemunhas, Gabriel foi chamado por dois indivíduos que estavam na frente da residência, na Rua Odalício Freitas Gabriel, e ao abrir o portão, um dos suspeitos sacou uma arma de fogo e atirou.

Três tiros atingiram o rapaz, um no peito, um nas costas e outro na coxa esquerda. Mesmo ferido, Gabriel tentou fugir dos assassinos, mas caiu morto na entrada da cozinha do imóvel.

Os assassinos fugiram em um veículo que ficou estacionado nas proximidades.

Ainda de acordo com testemunhas, um dos suspeitos estava de calça jeans e o comparsa usava uma calça marrom. Os dois estavam com os rostos cobertos.

CÂMERAS

Imagens de câmeras de segurança instaladas em casas na rua onde o crime aconteceu ajudaram na identificação do veículo suspeito. O material foi repassado para as equipes da Polícia Militar que atenderam a ocorrência.

ARMAS

Enquanto registravam o crime, as equipes da Polícia Militar encontraram dentro da casa, onde Gabriel morava, uma arma de fogo artesanal e um simulacro. Os objetos foram apreendidos.

IML

O corpo foi periciado pela Criminalística e recolhido ao Instituto Médico Legal, onde passou por exames complementares.

39.º HOMICÍDIO

Este foi o 39.º homicídio registrado em Paranaguá este ano. No litoral, são 77 casos.

Policiais civis estiveram no local do crime e começaram as investigações. Gabriel Tomaz Pinto tinha várias passagens pela polícia.

SUSPEITOS

Horas depois do crime registrado na Vila São Vicente, equipes da RPA – Rádio Patrulha Auto e ROTAM – Rondas Ostensivas Tático Móvel, da Polícia Militar receberam informações com relação a um veículo suspeito que teria sido usado pelo assassino, para sair do local. O carro estaria circulando pela Avenida Roque Vernalha, na região da Vila Cruzeiro.

Imediatamente, várias viaturas foram para a região e conseguiram localizar o veículo.

Ao perceber que seria abordado, o motorista tentou fugir pela via. Perseguido, o carro foi cercado e quatro homens que estavam no seu interior foram revistados.

Durante o acompanhamento tático, realizado pelas equipes da Polícia Militar, um dos ocupantes do veículo jogou pela janela um invólucro plástico. Dentro, estavam buchas de maconha e cocaína. O entorpecente foi apreendido.

Os quatro indivíduos foram encaminhados para o plantão da Polícia Civil, onde a investigação para comprovar a participação ou não do grupo na morte de Gabriel Tomaz Pinto está acontecendo.