conecte-se conosco

Polícia

Em menos de 12 horas um homem é assassinado e outro é baleado no Porto dos Padres

Paranaguá registra agora quatro homicídios em 2022

Publicado

em

Moradores e comerciantes no bairro Porto dos Padres, em Paranaguá, acompanham assustados uma onda de violência que acontece no bairro. Em menos de 12 horas, um homem foi executado a tiros e outro foi baleado na região. As duas ações criminosas aconteceram na Rua Washington Luiz, nas proximidades do Senai.

PORTÃO

A primeira ocorrência registrada e atendida pela Polícia Militar e por equipes do SAMU – Serviço de Atendimento Móvel de Urgência aconteceu no começo da madrugada de terça-feira, 15, na frente de uma casa. Um homem, de 42 anos, foi alvejado por dois tiros.

De acordo com a polícia, ele estava dentro do imóvel quando foi chamado no portão. Ao atender, o homem foi surpreendido pelos tiros, que atingiram o braço direito e a região abdominal. 

O autor dos disparos estava vestindo bermuda branca e um moletom escuro, com capuz. Após atirar na direção da vítima, o indivíduo fugiu em uma bicicleta. 

Atendido no local por socorristas do SAMU, o homem foi encaminhado para a emergência do Hospital Regional, onde permanece internado. 

O autor dos disparos vestia uma bermuda branca, moletom cinza com capuz e fugiu logo após os disparos. A vítima foi encaminhada para a emergência do Hospital Regional

Viaturas intensificaram o patrulhamento pela região, mas o suspeito não foi localizado. 

A motivação para a ação criminosa está sendo investigada.

EXECUÇÃO

O segundo acionamento das equipes policiais e de urgência e emergência aconteceu por volta das 12h30. 

Moradores na região ligaram para o 190 da Polícia Militar e relataram que um homem havia sido baleado dentro de um carro, na frente de uma distribuidora de bebidas.

Ao chegar no local, a menos de 50 metros da ocorrência anterior, os policiais encontraram Miguel Gomes Junior, de 46 anos, alvejado por vários disparos de arma de fogo. 

Os tiros atingiram a cabeça e o peito de Miguel, que morreu no interior de um Chevrolet Monza, cor vinho, que estava estacionado na frente do estabelecimento comercial.

Na calçada da distribuidora vários estojos de munição calibre 9mm ficaram espalhados. O material foi recolhido durante a perícia realizada pela Criminalística. 

Miguel Gomes Junior não tinha indicativo criminal e morava no Jardim Iguaçu

SUSPEITOS

De acordo com testemunhas, um homem teria descido de um veículo cor prata e com uma pistola nas mãos, atirou várias vezes na direção de Miguel.

Logo após os disparos, o suspeito entrou no carro e fugiu. Socorristas do SAMU constataram o óbito da vítima.

O carro de Miguel Junior estava parado na frente de uma distribuidora, na Rua  Washington Luiz, no bairro Porto dos Padres

IML

Periciado, o corpo de Miguel Gomes Junior, que não tinha indicativo criminal e morava no Jardim Iguaçu, foi encaminhado para a sede do IML – Instituto Médico Legal de Paranaguá, onde vai passar por exames complementares.

Familiares de Miguel estiveram no local e acompanharam o registro da ocorrência. 

4.º HOMICÍDIO

Paranaguá registra agora quatro homicídios em 2022. No litoral do Estado são 15 casos.

INVESTIGAÇÃO

Tanto o atentado a tiros registrado na madrugada desta terça-feira, 15, como a execução de Miguel Gomes Junior, já estão sendo investigados pela Polícia Civil.

Pelo menos sete tiros atingiram a região da cabeça e o peito de Miguel Junior, que morreu dentro do carro