Connect with us

Opinião

É “Tempo de avançar na Enfermagem”, diz Maria Goretti

Os profissionais da enfermagem elegem no dia 8 de novembro, em todos os estados, os novos representantes dos conselhos regionais da categoria.

Publicado

em

Maria Goretti

Os profissionais da enfermagem elegem no dia 8 de novembro, em todos os estados, os novos representantes dos conselhos regionais da categoria. O Paraná tem mais de 108 mil inscritos no Conselho Regional de Enfermagem (Coren/PR). São enfermeiros, obstetrizes, técnicos e auxiliares de enfermagem, representando a maior força de trabalho na área da saúde.

Todos os profissionais inscritos e adimplentes no Coren/PR, que cadastrarem senha de voto disponibilizada pelo Conselho Federal (Cofen), estarão aptos a participar da eleição. O Brasil soma mais de dois milhões de profissionais da enfermagem.

A votação será pela internet e o processo acontecerá simultaneamente em todo o país, pelo período de 24 horas, com início às 8h da manhã do dia 8 de novembro, e divulgação do resultado no dia seguinte – 9 de novembro.

Os conselhos são regulamentadores e fiscalizadores do exercício profissional e no Paraná está instituído desde 1.975.

Momento – Diante da pandemia de covid-19, quando a Enfermagem está ainda mais exposta a riscos e maior sobrecarga de trabalho,  representantes dos profissionais que disputam o pleito explicam que esta será uma  eleição histórica com a expectativa especial de que as propostas e ações que confirmem as demandas de décadas da profissão sejam referendadas, como o dimensionamento das equipes de Enfermagem nas instituições de saúde e ampliação da fiscalização quanto as condições adequadas de trabalho.

A Chapa 1 Tempo de Avançar, confirma que a eleição de 2020 será um momento diferenciado e singular para a Enfermagem. “Apesar das dificuldades dos trabalhadores da saúde que estão na linha de frente na assistência às pessoas com Covid-19, precisamos compreender, defender e dar voz à Enfermagem para liderar, na perspectiva de atender as demandas da profissão e conduzir processos de mudança para a promoção do cuidado”, afirma a enfermeira Maria Goretti David Lopes, integrante da Chapa 1 e ex-diretora executiva do Coren/PR entre 2015 e 2018.

Propostas – Segundo Maria Goretti, a proposta é de “ampliação do trabalho sério, transparente e ético da atual gestão do Coren/PR, que  regularizou processos administrativos, jurídicos e contábeis, realizou concurso público para ampliar equipe de fiscais, agilizou a emissão e entrega da Carteira de Identidade profissional em todo o Paraná e organizou estruturas funcionais”.

O prédio onde está a sede do Coren/PR em Curitiba é próprio, adquirido na atual gestão, com instalações amplas e modernas e localizado em local de fácil acesso para o atendimento dos inscritos. As subseções de Londrina, Maringá e Cascavel também passaram a funcionar da mesma forma em novas sedes, organizadas na atual gestão. “A partir do entendimento de que a conquista da credibilidade do Coren Paraná exigia também condições adequadas para o funcionamento e acolhimento digno de seus inscritos realizamos as mudanças estruturais, todas devidamente aprovadas e pagas com recursos próprios” explica a enfermeira Camila Mariana Santos, integrante da Chapa 1 Tempo de Avançar.

Ética – Entre as principais propostas da Chapa 1 Tempo de Avançar estão o cumprimento do novo Código de Ética dos profissionais de Enfermagem e a efetivação da Sistematização da Assistência de Enfermagem, que é a implantação de registros de todas as atividades realizadas como forma de assegurar as ações profissionais nos sistemas de cada instituição.

Voto – No dia da eleição, após a abertura do período de votação, os profissionais poderão votar em qualquer dispositivo com acesso à internet, no endereço www.votaenfermagem.org.br.

O sistema irá solicitar uma autenticação, que é a senha enviada pelo cadastro feito anteriormente pelo profissional. Será emitido um comprovante após a confirmação do voto.

Continuar lendo