conecte-se conosco

Meio Ambiente

Alunos do Colégio Bento Munhoz da Rocha participam de aula sobre compostagem

Durante a oficina, eles aprenderam a produzir adubo caseiro

Publicado

em

Alunos dos 6.º e 7.º anos do Colégio Estadual Bento Munhoz da Rocha Neto participaram de uma aula de sustentabilidade e meio ambiente, com atividades práticas para a produção de uma composteira. A atividade, ministrada por Paula Beruski, da DTA Engenharia Ambiental, integra as ações do Programa de Sustentabilidade da Cattalini Terminais Marítimos.

Durante a oficina, os alunos manusearam cascas de alimentos, restos de hortaliças e frutas, além de palha e madeira, para aprender como se produz adubo caseiro. Muitos não sabiam o que era compostagem e, por isso, descartavam seus resíduos no quintal de casa, de forma não apropriada.

Segundo Paula Beruski, uma composteira pode diminuir a quantidade de lixo nos aterros, contribuindo para o cuidado com o meio ambiente e a sociedade. “Eles não sabiam que os bichinhos que aparecem na compostagem são benéficos e não tinham ideia da quantidade de resíduos que uma refeição pode gerar. Aprenderam que tudo pode ser colocado na caixa composteira e se transformar em adubo. Foi muito legal ver a empolgação e participação de todos” destacou Paula, que desenvolve os projetos de educação ambiental da DTA Engenharia.

O Colégio também recebeu a doação de lixeiras da Cattalini, que serão colocadas entre o refeitório e o pátio, convidando os alunos a descartar o lixo de forma correta, separando materiais entre orgânico, reciclável e não reciclável. Rafael Leicsering do Rosário Barbosa, de 10 anos, aprovou a atividade “Essa foi a primeira vez que tive essa aula e achei bem legal. Vou chegar em casa e contar para minha mãe onde tem que jogar os legumes e os plásticos, que cada um tem sua própria lixeira”, acrescentou o aluno do 6º ano.

Para Everton Vieira Borges, diretor do Colégio, a atividade irá desencadear outros projetos da equipe pedagógica: “É o segundo ano que nossa escola recebe este projeto. Queremos dar continuidade para que possamos reutilizar os resíduos de compostagem na retomada da nossa horta vertical. Também temos a ideia de outro projeto, um Clube de Ciências, para que os alunos coloquem em prática o que aprenderam e ensinem outros colegas”.

Fonte: Cattalini

plugins premium WordPress