conecte-se conosco

Litoral

Norovírus foi responsável por surto de casos de diarréia e vômito em Guaratuba

Aumento no atendimento foi registrado na primeira semana de janeiro

Publicado

em

Foto: Prefeitura de Guaratuba/Arquivo

A Prefeitura de Guaratuba, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, anunciou que na última quinta-feira, 13, recebeu a resposta científica para o surto de casos de diarréia e vômito no município na primeira semana de janeiro. Segundo os resultados das amostras encaminhadas pela Prefeitura ao  Laboratório Central de Saúde Pública do Paraná (Lacen-PR), o causador das viroses foi o norovírus, que é altamente transmissível, causado principalmente por água imprópria para consumo contaminada, bem como alimentos manipulados por pessoas que estão infectadas. 

“A investigação foi realizada através do Sistema de Vigilância Epidemiológica que coletou no Pronto Socorro Municipal e no Hospital Municipal as amostras de fezes dos pacientes, que foram encaminhadas a 1ª Regional de Saúde e, posteriormente, ao Lacen-PR”, explica a assessoria do município. De acordo com a pasta de Saúde, o norovírus é altamente transmissível, já causando, em outubro de 2021, surtos em vários municípios do Rio Grande do Sul.

De acordo com o médico Edilson Rodrigues Junior, da Secretaria Municipal da Saúde, o norovírus causa gastroenterite viral e os sintomas incluem diarreia, vômito e dor abdominal. “Algumas pessoas podem apresentar um quadro febril com calafrios, dor de cabeça e cansaço. No geral, os sintomas aparecem entre 1 e 2 dias depois da exposição ao vírus, mas podem ocorrer até no mesmo dia”.

Prevenção

Como já destacado, as formas de transmissão principais é o consumo de água contaminada e de alimentos manipulados por pessoas infectadas com o vírus. “Ele é capaz de permanecer em objetos e superfícies tocadas pela pessoa infectada. Para conter a transmissão, a principal orientação é não beber água imprópria ao consumo, além de manter cuidados de higiene como a lavagem adequada das mãos antes das refeições ou após usar o banheiro”, alerta o município. 

“De acordo com a Fiocruz, diferentemente de outros vírus causadores de gastroenterites (como o rotavírus), o norovírus é transmitido de pessoa para pessoa com facilidade. Ainda não existe vacina para esse vírus por causa da rápida evolução por mutação”, finaliza a Prefeitura de Guaratuba.

Com informações da Prefeitura de Guaratuba