conecte-se conosco

Litoral

Biólogos registram pela primeira vez o encalhe de baleia-fin no litoral do Paraná

Animal foi encontrado morto na Ilha do Mel

Publicado

em

Nesta semana, o litoral do Paraná registrou a morte de animais marinhos nas areias das praias. Uma baleia-fin (Balaenoptera physalus) encalhou sem vida em estado avançado de decomposição, na terça-feira, 21, na Praia Grande da Ilha do Mel, em Paranaguá, e uma tartaruga de porte grande foi encontrada morta na quarta-feira, 22, em Matinhos.

Ao caminharem pela orla das praias, os moradores na região localizaram os animais logo pela manhã e acionaram as equipes do Laboratório de Ecologia e Conservação da Universidade Federal do Paraná (LEC/UFPR), em Pontal do Paraná.

Uma tartaruga de porte grande foi encontrada morta na quarta-feira, 22, em Matinhos. Foto: Facebook / Matinhos Agora

A tartaruga marinha foi encontrada na praia de Matinhos, região onde outros animais já foram localizados sem vida. O procedimento, de acordo com biólogos, é sempre isolar a área e entrar em contato com os profissionais do Centro de Estudos do Mar, que atuam no litoral do Paraná.

A baleia-fin é um macho adulto, medindo quase 20 metros. A equipe do LEC/UFPR, via Projeto de Monitoramento de Praias da Bacia de Santos (PMP-BS), aguardou melhores condições oceanográficas e encaminhou duas equipes até a Ilha do Mel na manhã de quarta-feira, 22, para o registro do encalhe e coleta de materiais biológicos e avaliação da condição da carcaça.

A baleia-fin é um macho adulto, medindo quase 20 metros

Segundo a bióloga, Camila Domit, é a primeira vez que o encalhe de baleia-fin é registrado no Paraná. “Este é um registro incrível para a nossa região e o trabalho da equipe que conduz a necropsia permitirá que os pesquisadores avaliem a condição de saúde e a possível causa da morte do animal”, ressaltou a coordenadora do Laboratório de Ecologia e Conservação. Amostras biológicas serão enviadas para laboratórios parceiros para apoiar projetos de pesquisa direcionados a esta espécie de amplo interesse global.

A operação de atendimento do encalhe também mobilizou o Instituto Água e Terra (IAT) e 27 servidores da Prefeitura de Paranaguá para destinar a carcaça do animal devido à estrutura e logística disponível na ilha. O procedimento para enterrar a carcaça da baleia acontece em conformidade com o Protocolo de Atendimento a Encalhes de Animais Marinhos no Litoral do Paraná – PRAE (SEDEST/IAT/IBAMA).

Equipes do Laboratório de Ecologia e Conservação da Universidade Federal do Paraná coleta de materiais biológicos e avaliação da condição da carcaça

O secretário municipal de Agricultura e Pesca de Paranaguá, Antônio Ricardo dos Santos, falou sobre o acontecido. “Fomos surpreendidos com esta notícia, mas é importante ressaltar que a baleia não encalhou na praia, as correntes marítimas trouxeram o animal já morto até a Ilha do Mel”, declarou.

Baleia-Fin

A baleia-fin é a segunda maior espécie de baleia existente no oceano (maior do que ela apenas a baleia azul). É considerada uma espécie ameaçada de extinção e está envolvida no Plano de Ação Nacional para Conservação de Espécies Ameaçadas de Extinção (PAN/ICMBIO).

A baleia-fin é a segunda maior espécie de baleia existente no oceano e é considerada uma espécie ameaçada de extinção

PMP-BS

O Projeto de Monitoramento de Praias da Bacia de Santos (PMP-BS) é uma atividade desenvolvida para o atendimento de condicionante do licenciamento ambiental federal das atividades da Petrobras de produção e escoamento de petróleo e gás natural na Bacia de Santos, conduzido pelo IBAMA. O projeto tem como objetivo avaliar possíveis impactos das atividades de produção e escoamento de petróleo sobre as aves, tartarugas e mamíferos marinhos, através do monitoramento das praias e atendimento veterinário aos animais vivos e necropsia dos encontrados mortos.

O PMP-BS é realizado desde Laguna-SC até Saquarema-RJ, sendo dividido em 15 trechos. O Laboratório de Ecologia e Conservação da Universidade Federal do Paraná é responsável por monitorar e avaliar os encalhes no Trecho 6, abrangendo os municípios de Guaratuba, Matinhos, Paranaguá, Pontal do Paraná e Guaraqueçaba.

Com informações do LEC/UFPR

Fotos: Divulgação / Prefeitura de Paranaguá

Em alta

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.