conecte-se conosco

Editorial

Superação e humildade: John Lineker, um campeão mundial parnanguara

Mais do que o seu talento único no MMA e sua capacidade de superar dificuldades e adversários, algo essencial para conquistar o título mundial, é visível que o que faz John Lineker ser o fenômeno que ele é trata-se de sua essência. Um homem que atravessa o mundo para lutar em Singapura e, ao vencer, levanta a bandeira de Paranaguá para comemorar

Publicado

em

editorial

Há muitos anos o lutador profissional de Mixed Martial Arts (MMA), John Lineker, possui destaque mundial no cenário esportivo. Apesar de todo o sucesso, talento e esforço, que foram coroados com o título mundial do peso-galo no ONE Championship em Singapura, na última sexta-feira, 11, após derrotar no segundo round por nocaute Bibiano Fernandes, Lineker jamais deixou de lado a humildade e sua identificação com Paranaguá. Quem valoriza suas raízes possui base para ir longe e vencer: é exatamente isso o que acontece com John e com todas as pessoas que não esquecem de onde vieram para ir longe na vida.

Na segunda-feira, 14, John foi recepcionado na Estação Ferroviária pelo prefeito Marcelo Roque, vereadores, representantes do Executivo e pela própria população. Em seu discurso, o atleta se emocionou. Um filme deve ter passado na cabeça de Lineker, relembrando todo o esforço realizado para chegar onde chegou, os treinamentos exaustivos, as lutas travadas dentro e fora do octógono, os problemas advindos da pandemia, lutas canceladas, pessoas apoiando e outras desacreditando, mas com um foco inabalável e as “Mãos de Pedra”, como também é conhecido, derrotando oponentes, com nocautes e sede de vitória. O dia chegou e o título é mais do que merecido.

Mais do que o seu talento único no MMA e sua capacidade de superar dificuldades e adversários, algo essencial para conquistar o título mundial, é visível que o que faz John Lineker ser o fenômeno que ele é trata-se de sua essência. Um homem que atravessa o mundo para lutar em Singapura e, ao vencer, levanta a bandeira de Paranaguá para comemorar. Uma pessoa que vive a cidade-mãe do Paraná, que ama onde nasceu, que circula por diversos locais da cidade com um sorriso no rosto (abaixo da máscara, neste período de pandemia) e cumprimenta a todos, parando para fotos e respeitando o povo que o admira.

Na Estação Ferroviária, um dos fatos que chamou a atenção foi o olhar de carinho e admiração das crianças com John Lineker. Eles não enxergam apenas um campeão, mas também uma espécie de super-herói, que, por meio da luta, conseguiu vencer vindo do mesmo lugar onde eles vieram, demonstrando que todo sonho é possível de ser alcançado. É por meio do exemplo que cidadãos em formação aprendem. Lineker é um gigante do esporte de Paranaguá, do Paraná e do Brasil, ainda maior será a responsabilidade dele com as gerações parnanguaras em formação que o possuem como um ídolo e alguém a ser seguido. Que todos sejamos Linekers, não somente no sentido esportivo, mas também no dia-a-dia, vencendo dificuldades, superando os tombos que a vida nos dá e triunfando, com humildade e respeito às nossas origens.