conecte-se conosco

Editorial

Ônibus Lilás: informação e acolhimento para vítimas de violência doméstica

Com a pandemia de Covid-19, uma em cada quatro mulheres acima de 16 anos foi vítima de algum tipo de violência no Brasil

Publicado

em

Os casos de violência doméstica e contra a mulher possuem registros consideráveis que merecem atenção da sociedade e das autoridades em todo o País. Frequentemente surgem notícias de vítimas que tiveram seus direitos violados. Com a pandemia de Covid-19, uma em cada quatro mulheres acima de 16 anos foi vítima de algum tipo de violência no Brasil, de acordo com um levantamento do Datafolha encomendado pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública.

Apesar de um índice alto, é preciso lembrar que nem sempre os casos são relatados às autoridades competentes como a justiça e/ou a polícia. Infelizmente, muitas situações ficam veladas nas casas, justificadas por vergonha, medo ou por falta de condições financeiras de deixar os companheiros e assumir um novo caminho. Ou seja, os casos são subnotificados e podem esconder uma realidade ainda pior do que revelam as pesquisas.

Por isso, as iniciativas realizadas para conscientizar as mulheres podem fazer a diferença. Uma delas é o Ônibus Lilás, uma unidade itinerante que presta orientação psicológica e jurídica a mulheres vítimas de violência no Paraná. Neste mês, o município de Pontal do Paraná receberá a ação nos dias 30 e 31, levando informação e esclarecendo as dúvidas da população.  A iniciativa é do Departamento de Garantias dos Direitos da Mulher, vinculado à Secretaria estadual da Justiça, Família e Trabalho.

Muitas mulheres não têm acesso ao básico que é a informação orientada e direcionada ao seu caso. O ônibus Lilás também atende a esta necessidade em comunidades mais distantes, como assentamentos, aldeias indígenas, comunidades rurais e quilombolas. Que as mulheres do litoral possam ser beneficiadas através do conhecimento sobre seus direitos e oferecer acolhimento sem julgamentos a outras para que possam sair do ciclo de violência.