Connect with us

Editorial

O comércio em feiras em tempos de crise

Todos estão passando por mudanças pontuais na rotina, mas é preciso que as pessoas estejam atentas e no caso de, quando for possível, prestigiar o comércio local, tanto as lojas da cidade, como os feirantes que dependem e muito da renda advinda de suas comercializações

Publicado

em

Paranaguá abriga algumas feiras que já são tradicionais no município, dentre as quais o destaque fica por conta da Feira da Lua, um verdadeiro ponto de encontro entre parnanguaras através dos anos.

A Feira da Lua da Praça dos Leões é mantida em virtude do trabalho de feirantes, comerciantes que estão neste momento de pandemia passando, assim como muitos outros trabalhadores brasileiros, por momentos de diminuição na renda em virtude das quedas nas vendas, o que se justifica pelo número menor de visitantes e redução do horário de atendimento.

Em virtude do Coronavírus, as pessoas estão precisando se reinventar em muitos casos e isso também está sendo verificado em meio aos comerciantes. No caso específico das feiras, os comerciantes estão empreendendo novos métodos, dentre os quais o delivery. É óbvio que as quedas também são justificadas pela economia do País, pois houve em muitos meios uma redução salarial, automaticamente sendo repassada para outras vertentes, ou seja, se a pessoa está recebendo menos precisa dar prioridade a outras contas e itens, se furtando de algumas guloseimas e programas que eram tradicionais e corriqueiros.

Todos estão passando por mudanças pontuais na rotina, mas é preciso que as pessoas estejam atentas e no caso de, quando for possível, prestigiar o comércio local, tanto as lojas da  cidade, como os feirantes que dependem e muito da renda advinda de suas comercializações.

Deste modo, o que se espera é que cada cidadão prestigie os produtos locais, pois unindo forças se torna possível contornar essa situação atual. Portanto é tempo de um apoiar o outro em busca de ajuda mútua e de dias melhores para toda a população.