conecte-se conosco

Editorial

Novas ações para enfrentar a pandemia em Matinhos

A medida se justifica pelo alto número de casos de gripe e Covid-19 registrados na cidade litorânea

Publicado

em

A Prefeitura de Matinhos publicou três decretos na quinta-feira, 13, com medidas que já estão vigentes no município. A mais notória delas é com relação à exigência de passaporte vacinal para que os moradores possam entrar em estabelecimentos de uso coletivo. Cabe agora aos espaços, sejam eles academias ou restaurantes, apenas para citar alguns, averiguar os comprovantes vacinais dos clientes para que possam adentrar no local.

A medida se justifica pelo alto número de casos de gripe e Covid-19 registrados na cidade litorânea, que neste período do ano costuma receber muitos visitantes. Entre o fim de dezembro e o começo de janeiro, foram registrados cerca de mil atendimentos ao dia pela Secretaria de Saúde de Matinhos. O alto movimento foi um reflexo das quase 2 milhões de pessoas que desceram a serra a caminho do litoral paranaense para as festas de fim de ano.

Esse cenário fez também com que a prefeitura cogitasse a reabertura da Arena Vicente Gurski para atendimento de hospital de campanha. Algo que deve ser anunciado oficialmente em breve. Todos esses esforços são necessários para que a população receba assistência médica e para que o contágio, tanto de gripe como de Covid-19, sejam reduzidos.

Além disso, o passaporte vacinal reforça a importância dos cidadãos em aderir às doses. Ainda há muitos questionamentos quanto à eficácia da vacina. Mas, já se comprovou que são seguras, se não fosse a ampla campanha de vacinação haveria mais hospitalizações e mortes no litoral e em todo o Paraná.

Que essas e outras medidas adotadas pela Prefeitura de Matinhos possam surtir o efeito desejado e que a população também possa se conscientizar mais sobre a situação que exige novamente paciência e compreensão do atual momento.