conecte-se conosco

Editorial

“Não existe prevenção sem ação”

O Outubro Rosa provoca nas mulheres o despertar para o autocuidado, que não se limita a fazer exames preventivos, que são sim muito necessários, mas para o olhar sobre a sua saúde de forma geral

Publicado

em

editorial

Neste mês, diversas ações são realizadas em todo o País para conscientizar sobre um problema que atinge cada vez mais mulheres e cada vez de forma mais precoce, o câncer de mama. Essas ações provocam nas mulheres o despertar para o autocuidado, que não se limita a fazer exames preventivos, que são sim muito necessários, mas para o olhar sobre a sua saúde de forma geral e em todos os meses do ano. E isso inclui pensar na alimentação, na prática de exercícios físicos, na adoção de hábitos que contribuem para redução dos riscos para o câncer, diminuição do estresse, além de atenção para a saúde mental.

Tudo isso só é possível através da multiplicação do conhecimento para que a informação chegue ao maior número de mulheres. E é isso que o Instituto Peito Aberto, que acolhe mulheres com câncer de mama em Paranaguá, tem feito durante quase dez anos de criação e em várias campanhas do Outubro Rosa. 

Este ano, o Instituto realiza um ciclo de palestras com profissionais que contribuem de alguma forma com a causa. Todas as terças-feiras, no auditório do Sesc Paranaguá, um profissional fala sobre o câncer de mama por meio de uma abordagem diferente. Já foram tratados assuntos da área de saúde da mulher, alimentação da mulher em tratamento oncológico e, nesta semana, o risco que a obesidade oferece para o câncer. Na próxima semana, outro tema muito pertinente será tratado: a saúde emocional das pacientes.

Não existe prevenção sem ação, essa é a mensagem que fica nesse mês para instigar a mudança, para que as mulheres olhem mais para si mesmas, para sua qualidade de vida e criem estratégias para viver melhor e se prevenir dessa e de outras doenças.

Publicidade






Em alta

plugins premium WordPress