Connect with us

Editorial

Mais uma vez, fique em casa!

A medida precisou ser tomada em Paranaguá e agora cabe a cada morador entender esse momento e o alto poder de contágio da doença.

Publicado

em

A cada dia, novas medidas são adotadas pelas prefeituras dos municípios litorâneos para evitar o avanço do Coronavírus. O distanciamento social foi a primeira delas, sendo a principal ferramenta das pessoas e das autoridades para evitar a infecção em massa dos moradores. Ainda assim, infelizmente, o litoral do Paraná confirmou ontem, segunda-feira, 30, o primeiro caso de Coronavírus na região. Trata-se de um senhor de 54 anos, morador em Matinhos, que segue internado no Hospital Regional do Litoral. Prontamente, tendo conhecimento da notícia, a Prefeitura de Paranaguá convocou a imprensa para uma coletiva, na qual anunciou mais um decreto.

A medida foi a mais drástica adotada até o momento, sendo determinado toque de recolher em Paranaguá e, por isso, a partir das 20h, ninguém mais poderá circular pela cidade sem um motivo consistente, como trabalhadores de determinadas áreas, como a de saúde, que deverá comprovar a função que exerce. O mesmo vale para supermercados e farmácias que, até então, não tinham sofrido grandes restrições. Tudo estará fechado das 20h às 6h.

O termo “toque de recolher” era utilizado durante guerras, para que a população deixasse as ruas em casos de bombardeios. No caso atual, nessa guerra, o inimigo é invisível, mas seus danos são enormes, como se pode observar nos países europeus que dia após dia superam em número de casos da Covid-19 e chocam todo o mundo com a quantidade de vítimas fatais.

A medida precisou ser tomada em Paranaguá e agora cabe a cada morador entender esse momento e o alto poder de contágio da doença. Embora seja difícil lutar contra algo tão pequeno, a responsabilidade está nas mãos de cada cidadão, que deve prezar pela sua saúde e de sua família. A mensagem continua a mesma: para vencer essa guerra, fique em casa!