conecte-se conosco

Editorial

As fortes chuvas e a solidariedade dos paranaenses

A Polícia Civil do Paraná (PCPR) faz de suas delegacias na capital do Estado pontos de arrecadação

Publicado

em

editorial

As chuvas que atingem a região do litoral do Paraná desde a segunda-feira, 28, além de terem causado queda de barreiras nas estradas, a consequente interdição das mesmas e transtornos à população, também causou alagamentos e enchentes e alguns municípios ficaram em situações muito preocupantes.

Em Morretes, houve vários pontos de alagamento, famílias ficaram desabrigadas e, com as chuvas ainda registradas na quarta-feira, 30, em grande volume, diversas mobilizações foram organizadas para arrecadar donativos para quem precisa de ajuda agora.

A Polícia Civil do Paraná (PCPR) faz de suas delegacias na capital do Estado pontos de arrecadação, assim como a Assembleia Legislativa do Paraná (Alep) e a Prefeitura de Morretes. Mais uma vez, a população do Paraná é solidária com aqueles que ficaram desabrigados e desprotegidos. Podem ser doados itens de higiene e limpeza e alimentos para atender os desalojados.

Até o fim desta semana, a região deve ser marcada com notícias referentes aos prejuízos das chuvas. A tragédia que vitimou motoristas na BR-376, com um grande deslizamento, está interditada sem previsão para liberação. 

O momento exige calma, prudência e ações estratégicas para facilitar o trânsito de pessoas com urgência em viajar entre o litoral e a capital; e também de ações de assistência social para socorrer aqueles mais atingidos pelas consequências das chuvas dos últimos dias. 

De acordo com a Defesa Civil, mais de mil pessoas foram atingidas pelas ocorrências em toda a região do litoral. Que a solidariedade dos paranaenses, já conhecida em outros momentos, se faça presente para fortalecer essa corrente do bem e oferecer suporte às famílias dos locais afetados.

Publicidade










plugins premium WordPress