Connect with us

Economia

Comércio em Paranaguá faz balanço positivo das vendas de Dia das Mães

Estabelecimentos puderam abrir na sexta-feira e no sábado (Foto: Arquivo)

Publicado

em

Impactados pelo fechamento e depois pela determinação de abertura escalonada das lojas em Paranaguá, os comerciantes da cidade puderam ter um fôlego a mais no último fim de semana. Todos os estabelecimentos puderam funcionar na sexta-feira e no sábado, que antecederam o Dia das Mães, até às 20h, para atender às compras alusivas à data. Além disso, mercados e floriculturas puderam abrir no domingo, até às 13h.

A data é a segunda maior em termos de vendas para os lojistas, ficando atrás somente do Natal, época de maior movimento no comércio. O presidente do Sindicato dos Lojistas do Comércio e do Comércio Varejista de Gêneros Alimentícios de Paranaguá (Sindilojas Paranaguá), Said Khaled Omar; e o diretor da Câmara do Comércio Varejista da Associação Comercial, Industrial e Agrícola de Paranaguá (Aciap), Anwar Hamud Hamud; comentaram sobre o retorno positivo deste último fim de semana.

Presidente do Sindilojas Paranaguá, Said Khaled Omar, destacou que os comerciantes adotaram todas as medidas de prevenção

Para Said, as vendas nestes dois dias foram muito produtivas. “A medida agradou a todos os comerciantes. E todos tomaram as medidas necessárias de segurança. O que precisa é o povo se conscientizar de que deve usar a máscara e não trazer as crianças junto para as compras”, observou Omar.

De acordo com dirigente sindical, os estabelecimentos seguiram à risca as recomendações para evitar a disseminação da doença. “Nas lojas não foi permitida a entrada sem uso de máscaras e crianças menores de 12 anos. Vamos esperar que o comércio possa abrir nos próximos dias, porque ficou provado que os cuidados estão sendo tomados. O que precisa agora é os bancos estenderem seu horário de atendimento para não haver aglomeração”, sugeriu Said.

O presidente do Sindijojas defende o retorno da abertura normal dos estabelecimentos. “Precisamos voltar a trabalhar normal para recuperar as vendas. Estamos vendendo em torno de 30% do que vendíamos. Mas, ainda estamos conseguindo superar esta situação”, enfatizou.

Comércio movimentado

Diretor da Câmara do Comércio Varejista da Aciap, Anwar Hamud, afirmou que o movimento se concentrou na sexta-feira e no sábado

O diretor da Câmara do Comércio Varejista da Associação Comercial, Industrial e Agrícola de Paranaguá (Aciap), Anwar Hamud Hamud, reiterou que o Dia das Mães foi muito positivo para os lojistas. “O comércio teve a possibilidade de abertura e conseguiu respirar, pudemos ver que foi vendido no fim de semana tudo que não tinha sido comercializado durante os dias de semana. O movimento se concentrou na sexta e no sábado, quando o centro ficou cheio”, disse Anwar.

Segundo ele, não é possível fazer um comparativo com o ano passado, porque neste ano há a pandemia, que alterou a rotina do comércio. “Podemos dizer que não foi positivo com relação ao ano passado, porque a situação era diferente, mas nas entrelinhas, para algumas lojas foi até melhor, pois algumas empresas conseguiram alcançar boas vendas”, considerou Anwar.