Connect with us

Coronavírus

Vacinação contra a Covid-19 iniciará em Paranaguá com idosos de asilos, profissionais de saúde e indígenas

Segundo Semsa, do grupo prioritário, Paranaguá conta com 1,5 mil profissionais da saúde, 100 idosos em asilos e 300 índios aldeados

Publicado

em

Vacinação contra a Covid-19 iniciará em Paranaguá com idosos de asilos, profissionais de saúde e indígenas

Lote inicial encaminhado pela Sesa à 1.ª RS trará 2.240 doses da vacina para serem usadas no litoral

O início da vacinação contra a Covid-19 foi anunciado pela União e Estado na segunda-feira, 18. Em Paranaguá, a Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) destaca que iniciará a campanha de imunização com idosos que residem em asilos, indígenas aldeados e profissionais de saúde, conforme orientação do Ministério da Saúde (MS). Além disso, segundo o Estado, os cuidadores de idosos que residem em asilos também deverão receber os imunizantes. Ao todo, neste primeiro momento, 2.240 doses deverão chegar na 1.ª Regional de Saúde (1.ª RS) em Paranaguá, sendo entregues aos sete municípios litorâneos.

“Com o aval da Anvisa, será iniciada a vacinação contra o Coronavírus em todo o País”, afirma o prefeito Marcelo Roque, destacando que a imunização será realizada também em Paranaguá e no litoral. “Nesta primeira etapa, seguindo o plano de imunização nacional, serão vacinados os profissionais de saúde e idosos. Em seguida, toda a população será imunizada”, completa.

De acordo com a Semsa, ainda não há informações de quantas doses Paranaguá e cada município do litoral receberá inicialmente. “Paranaguá conta com cerca de 1.500 profissionais de saúde que atuam na cidade, 100 pessoas em asilos e aproximadamente 300 índios aldeados. No primeiro lote de doses, os profissionais de saúde que atuam na linha de frente no combate à Covid-19 serão os primeiros a receber a vacina”, afirma a Secretaria Municipal de Comunicação (Secom).

De acordo com a pasta municipal de Saúde, a data para a segunda entrega de ainda será informada pelo Ministério da Saúde, assim como o calendário para os grupos prioritários. “É preciso aguardar as novas informações e definições quanto à distribuição de outros lotes da vacina e grupos definidos pelo órgão federal”, afirma a secretária municipal de Saúde, Lígia Regina de Campos Cordeiro.

“O Programa de Imunização da Secretaria Municipal de Saúde de Paranaguá está preparado de acordo com o Programa Nacional de Imunização. Temos um bom histórico de vacinação em massa com uma equipe bastante comprometida e experiente em campanhas de imunização e estamos definindo a logística para que o público preconizado receba as doses da vacina sem aglomerações, de forma segura e planejada”, finaliza a secretária de Saúde.

Leia também: Hospital Regional confirma mais dois óbitos pela Covid-19