Connect with us

Coronavírus

Taxa de transmissão do vírus da Covid-19 volta a aumentar no Paraná

Desde o dia 15 de junho, Estado registra índice de contágio acelerado

Publicado

em

Após quase 20 dias de estabilidade, a taxa de transmissão (Rt) do novo Coronavírus no Paraná voltou a subir, projetando um crescimento no número de casos confirmados da doença. Hoje, o índice de contágio está em 1,05. O número significa que, atualmente, 100 contaminados pelo Sars-Cov-2 contaminam, em média, 105 novas pessoas.

Os dados são do sistema Loft.Science, que calcula o Rt médio de todos os Estados e do Brasil com base em um algoritmo desenvolvido pela empresa. “O indicador tem como objetivo estimar o nível de contágio pelo vírus em um território durante a pandemia. A contaminação está acelerada se a taxa está acima de 1, estável se é igual a 1 ou em queda se está menor que 1 – o único caso em que a situação epidêmica demonstra melhora. Quanto mais próximo de zero, menores as chances de contágio”, informou a Sesa.

O sistema Loft.Science aponta que, de 28 de maio a 14 de junho, o Paraná teve uma taxa média 0,95. Desde o dia 15 de junho, o Estado vem registrando uma taxa de transmissão acelerada, chegando a 1,05 e igualando o índice de contágio do Brasil, que também está em 1,05.

Com o cenário em elevação, a recomendação é de manter a precaução e continuar seguindo protocolos de segurança e distanciamento social. O Governo do Paraná tem adotado medidas restritivas, em conjunto com as prefeituras, para conter a doença e o número alto de casos e óbitos.

Na quarta-feira, 16, o Paraná registrou 6.351 novos casos confirmados e 294 mortes pela Covid-19. Os dados acumulados do monitoramento da doença mostram que o Estado soma 1.156.632 diagnósticos e 28.683 óbitos.

A taxa de ocupação dos leitos de UTI exclusivos para Covid-19 está em 95% no Estado. No começo do mês, o governador Carlos Massa Ratinho Júnior decretou luto oficial pelas vítimas do novo Coronavírus em todo o Paraná.

Histórico

Desde o início da pandemia, este é o sexto período de aceleração do vírus no Estado. Entre março e setembro de 2020, o Rt foi sempre superior a 1, apresentando um pico de 1,88 em 8 de abril do ano passado. Entre 10 de setembro e 10 de novembro de 2020 se deu um período de queda, no qual o Rt mais baixo registrado foi de 0,90.

Entre 11 de novembro de 24 de dezembro, o índice ficou superior a 1. No Natal, a taxa apresentou mais instabilidade. Ela esteve inferior a 1 por um breve período do Natal a 7 de janeiro, e de 18 de janeiro a 19 de fevereiro. Em 11 de março, apresentou um novo pico, atingindo um Rt de 1,58. Em 17 de março até 3 de maio, houve um novo período de queda.

De 4 a 27 de maio a taxa de transmissão no Paraná seguiu em elevação com o contágio do vírus acelerado, chegando a 1,17. Desde o dia 15 de junho, o Estado vem registrando uma taxa de transmissão acelerada, hoje está em 1,05.

Foto: Filadendron/Getty Images

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.