Connect with us

Coronavírus

Prefeitura de Guaraqueçaba emite novo decreto que regulamenta o atendimento de estabelecimentos comerciais e serviços

Decreto restringe atividades consideradas não essenciais no município, e segue até o dia 12 de março. Documento traz orientações e reforça cuidados no enfrentamento à Covid-19.

Publicado

em

Prefeitura de Guaraqueçaba emite novo decreto que regulamenta o atendimento de estabelecimentos comerciais e serviços

Com o objetivo de estabelecer medidas temporárias ao enfrentamento da pandemia da Covid-19, a Prefeitura de Guaraqueçaba editou na quarta-feira, 24, o decreto 029/2021.

A prefeita de Guaraqueçaba, Lilian Ramos Narloch, levou em consideração para a edição do decreto, o crescente número de casos de infecção pela Covid-19 e a não disponibilidade de vagas nas Unidades de Terapia Intensiva – UTIs, no Hospital Regional do Litoral.

Confira alguns itens que constam no decreto:

– Fica determinado o fechamento de bares, restaurantes e similares pelo período que compreende 25/02/2021 até 12/03/2021, permitindo apenas o atendimento via sistema de delivery ou retirada no balcão.

– Ficam suspensas as atividades dos serviços dos estabelecimentos que não são considerados essenciais, quanto aos demais estabelecimentos devem ainda respeitar as regras do decreto municipal 2.949/2020 que não confrontem com o presente decreto.

– Táxis náuticos e barcos maiores ficam autorizados a funcionar, dentro das regras previamente determinadas, apenas nas segundas, quartas e sextas-feiras, pelo período que compreende 25/02/2021 até 12/03/2021, com a capacidade de até no máximo 70%.

– Fica proibido o transporte de mercadorias e bagagens nas embarcações que realizam a atividade de táxis náuticos, salvo se puderem ser condicionadas juntamente ao assento do passageiro que a despacha.

– Os serviços essenciais como lotéricas e demais listados no decreto estadual, devem atender as normas previamente determinadas sobre atendimento ao cliente já previstas em decreto municipal e limitar o acesso de pessoas em seu estabelecimento a no máximo de 30% de sua capacidade.

– Institui, no período das 22 horas às 6 horas, diariamente, proibição provisória de circulação em espaços e vias púbicas, em todo o município.

– Fica proibida a realização de eventos esportivos e o uso de quadras poliesportivas ou campos de futebol entre o período de 25/02/2021 até 12/03/2021.

– O decreto também suspende cultos religiosos presenciais, mantidas as celebrações por meios eletrônicos, e devendo o aconselhamento religioso, se necessário ser realizado presencialmente, ocorrer de forma individualizada, garantido o afastamento mínimo de dois metros entre as pessoas, os templos religiosos devem disponibilizar condições para que as pessoas adotem a prática de higiene de mãos no local, posicionando frascos e dispensadores abastecidos com álcool 70% em pontos estratégicos e de fácil acesso aos frequentadores. Além disso, todos os fiéis, funcionários e colaboradores devem usar máscaras durante todo o período que estiverem fora de suas residências, mantendo seu uso durante os aconselhamentos. 

– Está proibida, ainda, a promoção de confraternizações e eventos presenciais que causem aglomerações, com grupos de mais de 10 pessoas, excluídas da contagem pessoas de até 14 anos, com exceção dos eventos na modalidade de drive-in.

– As atividades de hotéis, pousadas e similares poderão ofertar seus serviços na capacidade de 50%, a partir da publicação deste decreto, respeitando as medidas sanitárias de segurança, conforme estabelecido no Decreto 3.120/20.

– Fica autorizado ao setor de tributos, vigilância sanitária e vigilância em saúde promover fiscalização de decks e trapiches municipais antes e após o toque de recolher, com autorização para autuar os que forem flagrados desrespeitando as normas do presente decreto.

– Recomenda ao Conselho Tutelar a realização de rondas todos os dias após o toque de recolher a fim de garantir que menores não descumpram o regramento.

– O novo decreto suspende o atendimento ao público nas repartições públicas, excetuadas aquelas de urgência, entre o período de 25/02/2021 até 12/03/2021.

Vale ressaltar que aqueles que descumprirem as medidas previstas no decreto sofrerão sanções pecuniárias que podem variar de 5 UPF até 50 UPF. O decreto é subscrito pela prefeita de Guaraqueçaba, Lilian Ramos Narloch, pelo secretário Municipal de Saúde, Alcendino Ferreira Barbosa, e pelo procurador geral do Município, Kaio Murilo Neves Jaques Pereira.  

Confira o decreto 029/2021 na íntegra:

Leia também: HRL registra maior ocupação da Ala Covid-19 desde início da pandemia

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.