conecte-se conosco

Coronavírus

Litoral do Paraná aplicou mais de 4.800 doses em crianças no mês de janeiro

Confira os locais de vacinação e a faixa etária para receber a vacina

Publicado

em

Foto: Prefeitura de Matinhos

Na quarta-feira, 2, A Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) divulgou os números de um relatório preliminar com informações dos municípios quanto a vacinação de crianças de 5 a 11 anos contra a Covid-19. O levantamento mostra também os vacinados por regiões do Estado. O litoral do Paraná, nos sete municípios, aplicou 4.889 doses pediátricas no mês de janeiro.

A vacinação do público infantil foi iniciada no Paraná no dia 15 de janeiro. Em Paranaguá, as primeiras crianças a receberem o imunizante foram aquelas que apresentam alguma comorbidade no dia 17 do mesmo mês. Nos demais municípios do litoral, as doses começaram a ser disponibilizadas ao longo da semana e também tem avançado.

Do total de crianças vacinadas contra a Covid-19 na região, Paranaguá tem o maior número de aplicações, 3544 de acordo com o levantamento divulgado pela Sesa. Seguido de Antonina, com 361 imunizados dessa faixa etária; Guaratuba totalizou 300 imunizados. Matinhos fechou o mês de janeiro com 295 doses aplicadas, Morretes com 142, Guaraqueçaba com 141 e Pontal do Paraná com 106.

Considerando o número total de aplicações, estima-se que o Paraná tenha atingido cerca de 12,4% da população de 5 a 11 anos com a primeira dose. Segundo o Ministério da Saúde, o Paraná possui 1.075.294 crianças nesta faixa etária.

“Precisamos que a população se conscientize da importância e eficácia das vacinas e levem as crianças até um ponto de vacinação, principalmente com a predominância da variante Ômicron no Paraná”, alertou o secretário de Estado da Saúde, Beto Preto.

Em Paranaguá, a primeira criança foi vacinada no dia 17 de janeiro, na Estação Ferroviária
Foto: Prefeitura de Paranaguá

Locais de vacinação

Com o avanço da vacinação infantil contra a Covid-19, em Paranaguá, as crianças a partir de cinco anos já podem receber a dose na Estação Ferroviária, das 8h às 18h, de segunda a sexta-feira.

Em Matinhos, também já foi possível baixar a faixa etária para cinco anos, com aplicação realizada no Pavilhão da Cura, na Arena Vicente Gurski, de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h.

Guaratuba vacina crianças a partir dos sete anos e também aqueles de cinco a 11 anos com comorbidades ou deficiências permanentes. Para receber o imunizante, é preciso efetuar o cadastro para o agendamento através do site http://vacinas.guaratuba.pr.gov.br. Para a vacinação de crianças com comorbidades ou deficiências é preciso também anexar no site o laudo, declaração médica que comprove a prioridade. 

“Nesta fase da campanha da vacina infantil, somente serão autorizadas a vacinação de crianças devidamente matriculadas na rede municipal ou particular de ensino do município de Guaratuba, pois as doses foram enviadas por meio dos dados de população do IBGE, não sendo possível atender turistas e veranistas neste momento. As escolas enviaram lista nominal de todos os seus alunos e somente serão agendadas as crianças que estiverem nesta lista”, informou a Prefeitura de Guaratuba.

Pontal do Paraná vacina crianças de 10 e 11 anos, matriculadas na rede de ensino no Ginásio Amatuzzi, no balneário de Shangri-lá. O município também realiza a Linha da Vacina Covid, que leva as doses aos bairros. Mais informações pelo telefone 0800-885 8421.

Na quarta-feira, 2, a Prefeitura de Antonina, comunicou que aguardava a chegada de novas doses para retomar a vacinação infantil. A imunização tem sido realizada na Casa da Cultura.

O município de Morretes informou que devido ao grande número de cadastros na terça-feira, 1.º, e o número de doses disponíveis, a Secretaria Municipal de Saúde reorganizou o calendário de vacinação, convocando crianças de 9 a 11 anos. “Assim que chegarem mais doses de vacinas, iremos divulgar novas faixas etárias”, destacou a prefeitura. A vacinação ocorre na Prefeitura de Morretes, das 9h às 12h, enquanto houver doses pediátricas disponíveis. 

Na quinta-feira, 3, a Prefeitura de Guaraqueçaba promoveu a vacinação “in-loco” de crianças de cinco a 11 anos nas comunidades rurais do Tagaçaba e Barra da Ararapira. A equipe da Secretaria Municipal de Saúde contou com o apoio da aeronave do BPMOA (Batalhão de Polícia Militar de Operações Aéreas) para se deslocar até as comunidades.