conecte-se conosco

Ciência e Saúde

Vacina contra a gripe é liberada para o público geral

Pessoas acima de seis meses de idade já podem receber o imunizante

Publicado

em

Foto: Divulgação/Prefeitura de Paranaguá

A Campanha Nacional contra a Gripe, que seria finalizada no dia 3 de junho, foi prorrogada até o dia 24 de junho. Agora, todos os públicos, acima de seis meses de idade, podem receber a dose que protege do vírus da Influenza. A meta do Ministério da Saúde é vacinar 90% da população. Mas, até o dia 2 de junho, o Paraná havia alcançado somente 47% da cobertura vacinal. 

Meta é imunizar 90% da população contra a Influenza (Foto: Sesa)

A adesão para a Campanha contra o Sarampo, que acontece paralela a da gripe, também não teve o resultado desejado para a proteção da população, apenas 35,3% haviam recebido a dose até a data de 2 de junho no Paraná, de acordo com a Secretaria Estadual da Saúde (Sesa). A meta para imunização contra o sarampo é de 95%.

“Historicamente, a população paranaense sempre aderiu às campanhas de vacinação, mas com a chegada da Covid-19 e, principalmente, as “fake news”, as coberturas vacinais têm diminuído e isso é extremamente perigoso”, alertou o secretário de Estado da Saúde, César Neves.

A expectativa para alcançar um maior número de pessoas em ambas as campanhas está no Dia D, marcado para esse sábado, 11. As unidades básicas de saúde estarão abertas para aplicar as doses recomendadas para a prevenção das referidas doenças, assim como outras doses que estão atrasadas na carteira de vacinação, para todos os públicos.

O Paraná alcançou somente 47% da cobertura vacinal da gripe até o dia 2 de junho (Foto: Américo Antonio/SESA)

Atualização da carteirinha

De acordo com o secretário de Saúde, o Dia D é um movimento para incentivar a procura pelas unidades de saúde e atualizar a carteirinha de vacinação do adulto e da criança, especialmente com a diminuição da cobertura da imunização para diversas doenças.

“Essa é uma grande mobilização para alertar e sensibilizar toda comunidade sobre a importância em manter a vacinação em dia, isso permite minimizar o risco de surtos e epidemias de doenças. Importante ressaltar que a vacina não protege apenas o indivíduo, ela garante uma proteção coletiva e atua contra a transmissão. Quando há um número expressivo de vacinados, o vírus encontra dificuldades para circular. Por isso é tão importante a colaboração e adesão da população”, disse o secretário de Estado da Saúde.

Serão aproximadamente 500 salas de vacinas abertas para a ação em todo o Paraná, pelo menos uma em cada um dos 399 municípios do Estado. Em Paranaguá todas as Unidades básicas estarão abertas para aplicação dos imunizantes, das 9h às 16h.