Connect with us

Editorias

Ação policial termina com 12 homens presos e quatro armas apreendidas

Foram apreendidas quatro armas de fogo, lacres para contêiner e 24 aparelhos celulares

Publicado

em

Uma informação repassada para a central 190 da Polícia Militar, na noite de sábado, 21, por volta das 20h, terminou com a prisão de 12 homens e a apreensão de 4 armas de fogo. Lacres usados em contêineres também foram apreendidos durante a abordagem policial.

Roubo

De acordo com a polícia, um homem entrou em contato com a corporação, relatando que um roubo, com refém, estava acontecendo na Rua Soldado Manoel Rodrigues, no Bockmann. 

Imediatamente, uma viatura foi até o endereço indicado, e localizou o imóvel. Com o apoio de outras equipes, o local foi abordado.

Os policiais foram recebidos por um homem, o qual, bastante nervoso, liberou a entrada das equipes.

No imóvel, estavam 12 homens, entre eles um Guarda Civil Municipal, que disse ser o proprietário da residência. 

Durante buscas no interior da casa, os policiais militares encontraram uma pistola calibre 9mm, municiada.

Diante da situação e da quantidade de suspeitos dentro do imóvel, equipes da Rondas Ostensivas Tático Móvel, e da ROMU – Ronda Ostensiva Municipal, da Guarda Civil, foram acionadas para ajudar nas buscas.

Outras três armas de fogo foram localizadas e apreendidas. Duas pistolas e um revólver calibre .38, todos municiados, estavam escondidos na residência.

Lacres

Ao realizar uma revista minuciosa na cozinha da casa, onde uma arma foi encontrada, as equipes localizaram uma sacola com vários lacres para contêiner. 

Além das peças, 24 aparelhos celulares e um DVDR, com imagens gravadas de uma câmera de monitoramento do imóvel, foram apreendidos.

Polícia Federal

Todos os indivíduos foram encaminhados para a Delegacia da Polícia Federal, já que os lacres apreendidos indicam que o grupo preso possa ter envolvimento com o tráfico internacional de entorpecentes. 

Contatos 

Anotações e mensagens armazenadas em aparelhos celulares vão ajudar a polícia a identificar outros integrantes do grupo. Todo o material foi entregue no plantão da PF.

Os nomes dos indivíduos presos não foram divulgados para não atrapalhar a sequência das investigações, que seguem com a Polícia Federal. O grupo preso foi transferido na manhã de domingo, 22, para a sede da PF em Curitiba.