conecte-se conosco

Editorial

As procissões e os momentos de fé da Festa do Rocio

Grande parte das procissões que fazem parte da programação da Festa do Rocio acontece neste fim de semana.

Publicado

em

Seja de barco, moto, carro, bicicleta ou mesmo a pé, os devotos de Nossa Senhora do Rocio não deixam de prestar a sua homenagem a esta que é a padroeira do Paraná. Independente da maneira que essa fé é demonstrada, o parnanguara confirma a sua devoção a Nossa Senhora da maneira como mais lhe toca e mais se aproxima de sua vivência.

Grande parte das procissões que fazem parte da programação da Festa do Rocio acontece neste fim de semana, como a Procissão Marítima (16.ª edição), a motorizada (13.ª), a Moto Romaria (2.ª) e a ciclística (8.ª). Milhares de fiéis devem acompanhar a peregrinação de alguma forma.

A procissão mais antiga e, portanto, que mais reúne pessoas para a demonstração de fé, é a Procissão Solene de N. Sra. do Rocio, realizada no dia 15, quando se comemora oficialmente a data, com 206 edições, assim como a procissão de volta, realizada no dia 16.

O padre Dirson Gonçalves, reitor do Santuário, acompanha pela primeira vez a Festa, essa historia de amor e compaixão de Nossa Senhora com a população do Paraná, em especial os parnanguaras que desde pequenos conhecem os testemunhos de fé de quem depositou na padroeira sua intenção e recebeu a bênção.

O tema “Rocio, lugar sagrado dos paranaenses” foi escolhido neste ano para reforçar que este é o local onde se encontra o início da fé católica no Paraná, sendo este o único Estado brasileiro que tem uma padroeira reconhecida pelo Vaticano. A intenção é que cada devoto de fora da cidade assuma esse compromisso de passar pela festa e contar sobre os momentos que presenciaram.

O local já possui todos os elementos necessários: relatos de milagres, registro de patrimônio imaterial reconhecido pelo IPHAN, procissões que impressionam pela quantidade de devotos e por todo o seu simbolismo, além de uma narrativa carregada de emoção. Que essa mensagem possa ser difundida e, desta forma, ajudar o Santuário a ampliar essa devoção e torná-la conhecida mundo afora.

Continuar lendo
Publicidade

Em alta