Connect with us

Economia

Segunda parcela do 13.º salário aos aposentados será paga neste mês pelo INSS

29,7 milhões de beneficiários já receberam a primeira parcela entre agosto e setembro

Publicado

em

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) inicia o pagamento em novembro da segunda parcela do 13.º salário a aposentados de todo o Brasil. A Secretaria da Previdência destaca que o pagamento é feito junto com a folha de pagamento do INSS, seguindo o que prevê a Tabela de Pagamentos de Benefícios de 2018. A primeira parcela, que foi paga entre agosto e setembro deste ano, correspondeu a 50% do valor do benefício e injetou R$ 21 bilhões na economia nacional. A segunda parcela, que começará a ser paga em novembro, corresponde ao restante do valor do 13.º salário de 2018,  incidindo desconto de Imposto de Renda (IR), seguindo o que determina a legislação.

De acordo com o INSS, 29,7 milhões de beneficiários estão aptos a receber o benefício em questão, algo que beneficiará, consequentemente, a economia e o comércio brasileiros, em virtude do aumento de compras com a chegada do Natal e do Ano-Novo. Segundo o que informa o Governo Federal, a segunda parcela deve ser paga para todos os aposentados durante novembro e dezembro, seguindo o que a Tabela de Pagamentos de Benefícios do ano especifica.

QUEM TEM DIREITO

De acordo com o INSS, tem direito ao 13.º quem, durante o ano, recebeu benefício previdenciário de aposentadoria, pensão por morte, auxílio-doença, auxílio-acidente, auxílio-reclusão ou salário-maternidade. Aqueles que recebem benefícios assistenciais, como Prestação Continuada e Renda Mensal Vitalícia, não têm direito ao abono anual.

SERVIDORES, PENSIONISTAS E APOSENTADOS DO PARANÁ

No Paraná, o Governo do Estado, na segunda-feira, 5, determinou o pagamento do 13.º salário dos servidores estaduais para o dia 10 de dezembro. O valor será depositado de forma integral em conta de mais de 280 mil colaboradores do funcionalismo estadual, aposentados e pensionistas. "O valor da folha mensal do funcionalismo chega a R$ 1,7 bilhão e, em um período de 30 dias, entre o final dos meses de novembro e de dezembro, o Governo do Estado será responsável pela injeção de cerca de R$ 5,1 bilhões na economia do Paraná, somando os pagamentos de salários e o décimo terceiro", afirma a assessoria do Estado.

*Com informações do EBC e AEN

Continuar lendo
Publicidade

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.