Connect with us

Cultura Viva

Na Primavera

Vem chegando de mansinho a mais bela estação do ano.

Publicado

em

Vem chegando de mansinho a mais bela estação do ano. Flores começam a enfeitar os jardins. Aguardamos ansiosos a vinda das borboletas multicoloridas, alegria para os nossos olhos, festa para os nossos corações. Vamos esquecer, por ora, Brasília, as campanhas políticas e a lama que invade os recintos dos nobres representantes do povo brasileiro.

Vivamos setembro, aspirando o doce perfume das flores, deixando-nos embalar pelo sussurro dos beija-flores, olhando para o céu e nos encantando com o azul que inspira bonança e paz. Festejemos as árvores no seu dia, lutemos pela preservação das nossas florestas, sejamos solidários com os cidadãos que trabalham em prol da vida de todos os seres vivos do nosso planeta.

Logo virá outubro com datas festivas, que devem inspirar artistas que com sua arte festejarão a criança, a Padroeira do Brasil, a vida, enfim, com todos os seus encantos e mistérios, que nos farão crer na nossa capacidade de enfrentar e solucionar problemas. Começamos novembro, e ao reverenciarmos os mortos, acordamos para o fato de que só vivemos uma vez e, como não sabemos quando a jornada vai terminar, cumpre-nos viver plenamente, não desperdiçando tempo inutilmente, servindo sempre a nós e aos nossos semelhantes, com amor, respeito e dignidade, conscientes de que com a nossa história talvez deixemos exemplos dignos de serem imitados.

Novembro é também o mês da Padroeira do Paraná, quando Paranaguá recebe centenas de turistas que vêm homenagear Nossa Senhora do Rocio, reafirmando a fé, confiantes na proteção da santinha, cuja história se relaciona com o grande mar redondo, Pernagoá, nome original de Paranaguá. E no dia 19 de Novembro saudamos a Bandeira Brasileira, símbolo da nossa pátria, que na atual fase da vida brasileira melhor se prestará como grande lenço para enxugar as lágrimas do nosso povo desiludido, envergonhado pelos descalabros cometidos pelos pretensos defensores da lei da justiça e do direito do povo brasileiro. Resta-nos a esperança de que o verão, a nova estação do ano reaqueça os nossos anseios por um futuro mais digno para todos nós.

Continuar lendo