conecte-se conosco

Conteúdo de Marca

Doenças de inverno: como se prevenir e cuidar

Dra. Carolina Tarachuque Fangueiro é médica formada pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná, possui Residência Médica em Otorrinolaringologia pela Clínica Otorhinus – São Paulo-SP e Título de Especialista em Otorrinolaringologia pela ABORL-CCF. Também fez Curso de Capacitação em Medicina do Sono pelo Instituto do Sono – São Paulo-SP e Fellowship em Otorrinolaringologia Geral e Medicina do Sono no Hospital IPO

Publicado

em

Neste Momento Saúde, a Dra. Carolina Tarachuque Fangueiro, especialista em otorrinolaringologia, dá dicas de como se prevenir e se cuidar das doenças respiratórias que chegam junto com o inverno. Confira:

Quais são as principais doenças respiratórias no inverno?

Dra. Carolina: Durante os meses mais frios do ano, as doenças respiratórias mais comuns são: Resfriado, Gripe, Rinites (Alérgica ou infecciosas), asma, sinusite, exacerbação de bronquite crônica, DPOC (Doença Obstrutiva Pulmonar Crônica), pneumonias.

Por que as doenças respiratórias são mais comuns neste período?

Dra. Carolina: As temperaturas mais baixas favorecem a disseminação dos vírus causadores das infecções respiratórias. Além disso, o frio também faz com que as pessoas fiquem mais tempo em ambientes fechados e se contaminem mais facilmente.

O que ocasiona a diminuição da imunidade nesta época do ano?

Dra. Carolina: O frio e a diminuição da umidade relativa do ar leva a uma fragilidade no sistema de defesa,o que facilita a invasão do organismo, especialmente por vírus e em alguns casos por bactérias.

Como podemos nos proteger e reforçar a nossa imunidade contra essas doenças?

Dra. Carolina: Hidratação é essencial. Aumente a ingestão de líquido. Ofereça ativamente para crianças e idosos. A secreção nasal tende a ficar mais ressecada e viscosa no frio. Uma boa hidratação facilita a fluidificação dessa secreção, alimentação saudável. Uma dieta balanceada rica em frutas, verduras, legumes ajuda a diminuir as quedas da imunidade e dificulta o desenvolvimento de doenças respiratórias, prática de atividade física regular também ajuda a fortalecer a imunidade, evitar ficar em ambientes fechados e aglomerações, lavar bem os agasalhos de frio antes de utilizar, mantenha a casa limpa e arejada, usar umidificador de ar, realizar lavagem nasal, dormir bem.

A vacina contra a gripe é indicada para quem tem doenças respiratórias crônicas?

Dra. Carolina:  Sim, pois quem tem doenças respiratórias crônicas está mais suscetível a ter versões graves da gripe. Entre as complicações da gripe estão a insuficiência respiratória aguda que pode levar à morte. Quem se vacina tem menos complicações e internações.