conecte-se conosco

Valmir Gomes

Paciência

O time do Petraglia foi até a Venezuela enfrentar o Caracas, empatou sua primeira partida pela Copa Libertadores da América

Publicado

em

O time do Petraglia foi até a Venezuela enfrentar o Caracas, empatou sua primeira partida pela Copa Libertadores da América. Time novo o Caracas foi fundado na década de 60, já tendo conquistado títulos Estaduais e a Copa Venezuela. Ainda não mostrou sua força fora do seu país. Já o CAP é o time emergente da América do Sul, nos últimos anos fez ótimas campanhas internacionais. O resultado de empate sem nenhum gol, prova a boa atuação do sistema defensivo do Caracas, e a falta de entrosamento do ataque do time brasileiro. Aliás, devemos levar em consideração que este time comandado pelo Alberto Valentim, nunca tinha feito um jogo oficial com esta formação. Faltou ritmo de jogo, um fato que devemos levar em consideração. Estamos em abril e o Athletico ainda não tem seu time base. Vários atletas estrearam oficialmente contra o Caracas, outros ainda vão jogar sua primeira partida daqui uns dias. Vamos ter paciência, porque não tem mágica no futebol. O conjunto, fato essencial para toda grande equipe, só vem com o tempo, atuando juntos. Portanto vamos exercitar nossa paciência.

O CANTO DO CARIBE

Gente, eu como muitos, preguei os olhos na tela da televisão, buscando os detalhes do novato time do CAP, afinal estava sem o goleiro Santos e o zagueiro Thiago Heleno, duas estrelas do time. Os substitutos goleiro Bento e zagueiro Lucas Haltes foram muito bem, como merecem os destaques Marcelo Cirino e Cuello, pelos lados do campo. Terans foi bem e Marlos muito bem. Lá no fundo da transmissão no final, ouvi um tímido coro, na verdade um canto vindo das margens do Caribe. ” Fóra Valentim”. Virou uma marca registrada do CAP, mais do que um protesto, uma brincadeira.

RIO BRANCO

Sei que o presidente Brayan Roque deve andar buscando soluções para o futuro do Rio Branco, uma delas é organizar o departamento sub-17 até o sub 20 do time. Ainda não tenho conhecimento da equipe de trabalho. Muita gente me indicando atletas jovens, muita gente pedindo informações a respeito. Assim que tiver alguma novidade, prometo divulgar nesta coluna.

CBF E O PARANÁ

Nestes últimos dias o presidente da Federação Paranaense de Futebol, Hélio Curi, foi também o presidente interino da CBF. Na última terça feira o seu amigo e atualmente presidente da FPF Idu Marcelo Blaszcak foi tratar de assuntos do nosso futebol na CBF e na ocasião presenteou o Hélio Curi com camisas do Araucária, recebendo em troca camisa da seleção brasileira. O futebol paranaense em destaque nacional. Ave F.P.F..

Continuar lendo
Publicidade