conecte-se conosco

Pensar Verde

O Parque Nacional do Iguaçu é modelo!

Se existe um lugar no mudo onde a natureza nos causa impacto, este lugar fica em Foz do Iguaçu

Publicado

em

Se existe um lugar no mudo onde a natureza nos causa impacto, este lugar fica em Foz do Iguaçu. O Parque Nacional do Iguaçu (PARNA Iguaçu), criado em 1939, ocupa uma área total de 169.695,88 hectares e abrange 14 municípios paranaenses: Capanema, Capitão Leônidas Marques, Santa Lúcia, Lindoeste, Santa Tereza do Oeste, Diamante d’Oeste, Céu Azul, Matelândia, Ramilândia, Medianeira, Serranópolis do Iguaçu, São Miguel do Iguaçu, Santa Terezinha de Itaipu e Foz do Iguaçu. Em 17 de Novembro de 1986, recebeu a distinção, concedida pela UNESCO, de Patrimônio Natural da Humanidade.

O PARNA Iguaçu é uma Unidade de Conservação (UC) Federal que, além de uma biodiversidade exuberante, abriga as Cataratas do Iguaçu. Neste pedaço de mata Atlântica foram registradas 257 espécies de borboletas, porém estima-se que existam cerca de 800, mamíferos foram catalogados 45, anfíbios 12, serpentes 41, lagartos 8, peixes 18 e 200 espécies de aves (IBAMA).

Com a gestão realizada pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), foi concedido no último dia 22 à iniciativa privada por R$ 375 milhões. O consórcio vencedor deverá realizar investimentos de R$ 500 milhões em novas infraestruturas e outros R$ 3,6 bilhões em operação do parque durante o período de concessão, previsto para 30 anos. Desconto no ingresso para moradores dos 14 municípios do entorno do parque e ações de preservação ambiental também estão previstas. 

De acordo com a Agência Brasil, todo o processo da concessão foi conduzido pelo Ministério do Meio Ambiente (MMA) e pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) e contou com a estruturação pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), com apoio do Instituto Semeia e do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI). Mantido o que prevê o Plano de Manejo do PARNA Iguaçu, instrumento de gestão das UC’s, a questão ambiental está preservada. Vida longa ao Parque!

Continuar lendo
Publicidade