conecte-se conosco

Pensar Verde

Até quando vamos temer o mosquito da Dengue?

É impressionante que todo ano tenhamos que voltar ao assunto Dengue. Mais uma vez a Prefeitura de Paranaguá está mobilizando a comunidade no combate ao mosquito Aedes aegypti

Publicado

em

É impressionante que todo ano tenhamos que voltar ao assunto Dengue. Mais uma vez a Prefeitura de Paranaguá está mobilizando a comunidade no combate ao mosquito Aedes aegypti. A dengue é uma arbovirose (doenças causadas por vírus transmitidos, principalmente, por mosquitos) urbana mais comum no Continente Americano, principalmente no Brasil. Transmitida pela picada da fêmea do mosquito, o período do ano com maior transmissão da doença ocorre nos meses mais chuvosos de cada região (novembro a maio).

Aí podemos pensar que as ações para evitarmos a doença sejam bastante complexas. A melhor informação é que não são. Podemos até dizer que são fáceis de serem colocadas em prática. É o acúmulo de água que contribui para a reprodução do mosquito. Evitar a água parada, todos os dias é a melhor maneira da população agir. Estes ovos do mosquito sobrevivem no máximo um ano no ambiente.

Uma vistoria em nossas casas deve ser realizada diariamente a fim de que não tenhamos resíduos sólidos ou locais que possam acumular água. Tampas e potes de plástico, baldes, piscinas sem manutenção, caixas d’água abertas… Nada de lixo no quintal. Caso tenha algum sintoma da doença, procure a unidade de saúde mais próxima de sua casa.

Os principais sintomas da dengue são:

  • Febre alta > 38°C;
  • Dor no corpo e articulações;
  • Dor atrás dos olhos;
  • Mal estar;
  • Falta de apetite;
  • Dor de cabeça;
  • Manchas vermelhas no corpo.    

A prevenção sempre será o melhor remédio e basta toda a comunidade fazer a sua parte na prevenção.

Publicidade










plugins premium WordPress